Cachê de Gusttavo Lima é investigado por Ministério Público e prefeitura de MG cancela show | 30/5

Cachê de Gusttavo Lima

Cachê de Gusttavo Lima

Veja lá embaixo:

Prefeitura de cidade de Minas Gerais cancela show de Gusttavo Lima que custaria R$ 1,2 milhão

 

O Ministério Público está investigando a contratação de um show do cantor Gusttavo Lima em São Luiz, menor cidade de Roraima. O município tem 8 mil habitantes e o segundo menor PIB do Estado, e o valor do cachê do cantor é de R$ 800 mil. Segundo a Folha de São Paulo, o valor é 266 vezes o teto da tão criticada Lei Rouanet (R$ 3 mil no governo Bolsonaro).

O PIB do município de São Luiz é de 147,6 milhões de reais, e o MP questiona quanto ao retorno do investimento para a cidade, além da origem dos recursos arrecadados para o pagamento do contrato. O show está marcado para a 24ª edição da vaquejada da cidade, que contará ainda com a presença de Cesar Menotti & Fabiano, Solange Almeida e outros.

Repercussão

Após um usuário do Twitter fazer uma comparação entre o valor pago (R$ 800 mil) e a população da cidade (8 mil), o contrato do sertanejo com a prefeitura do minúsculo município repercutiu. “Cada habitante pagou cerca de 100 reais para o show acontecer. Idosos, bebês, todos pagaram. Claro que não precisam de Lei Rouanet“, destaca o perfil.

Muito mal  compreendida, a Lei Rouanet foi alvo de críticas de cantores sertanejos após o cantor Zé Neto (da dupla com Cristiano) criticar Anitta.

Curiosamente, a crítica foi feita num show bancado por dinheiro público da prefeitura de Sorriso, no Mato Grosso.

James Batista (Solidariedade), prefeito de São Luiz, se manifestou por nota e disse que os questionamentos do MP serão respondidos nesta quinta-feira, 26 de maio.

Em trecho da nota, afirma que “não brincamos com o dinheiro público, pois ao contrário do que muitos pensam, o evento trará receitas diretas para as contas do município que permitirão o pagamento de todas as despesas, incluindo os cachês dos artistas”.

Apelando para a psicodelia argumentativa, Sérgio Reis (bolsonarista convicto que quase foi preso ano passado por atentar contra o Estado de Direito) declarou na Folha de São Paulo que dinheiro de prefeitura não é dinheiro público.gustavo-lima-22-1.jpg

Sobre a relação entre o agronegócio e o sertanejo, a youtuber Laura Sabino lançou um vídeo explicando a questão.

Veja mais aí:

Prefeitura de cidade de Minas Gerais cancela show de Gusttavo Lima que custaria R$ 1,2 milhão

O prefeito de Conceição do Mato Dentro lamentou a decisão e disse que a festa foi envolvida em ‘uma guerra político-partidária’

https://www.correiodopovo.com.br/arteagenda/prefeitura-de-cidade-de-minas-gerais-cancela-show-de-gusttavo-lima-que-custaria-r-1-2-milh%C3%A3o-1.830503#:~:text=Arte%20%26%20Agenda-,Prefeitura%20de%20cidade%20de%20Minas%20Gerais%20cancela%20show%20de%20Gusttavo,custaria%20R%24%201%2C2%20milh%C3%A3o&text=A%20Prefeitura%20de%20Concei%C3%A7%C3%A3o%20do,o%20dia%2020%20de%20junho.

Hugo Souza, o goleiro da rodada do brasileirão | 30/5

Cachê de Gusttavo Lima

Cachê de Gusttavo Lima

Cachê de Gusttavo Lima

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham