Carateca Bruno Conde vai a Dubai em busca do “golpe” de ouro | 11/11

carateca bruno conde

Carateca Bruno Conde – o “golpe” de ouro

matheus-7.png
matheus thebaldi

 

SPORTOTAL – Matheus Thebaldi, jornalista, desportista

 

O carateca Bruno Conde encara na semana que vem o seu maior desafio esportivo de 2021. Nesta quinta-feira (11), o atleta embarca para disputar o Campeonato Mundial de Karatê em Dubai, nos Emirados Árabes. O esportista disputa a competição entre os dias 16 e 21 de novembro.

A preparação para a competição começou no início do ano quando o carateca se mudou para Jabuticabal, interior de São Paulo para intensificar os treinos. Antes do Mundial, Conde conquistou duas medalhas de prata: uma nos Jogos Universitários Brasileiros (Jubs), em Brasília-DF, e outra no Campeonato Pan Americano, no Paraguai.

Voltando as suas atenções e treinos para o campeonato mundial, o atleta de 22 anos define a competição como a de maior expressão no ano.

“É o grande torneio do ano! Desde o começo do ano, eu voltei as atenções para esse campeonato, que é o último de 2021. Vamos em busca do resultado positivo e, claro, fazer história e garantir uma medalha”, frisou Bruno Conde, que é contemplado pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport).

Ainda se recuperando de uma lesão sofrida em junho, o carateca garante que o foco está totalmente no Mundial.

“Ainda não estou completamente recuperado, mas estou me desenvolvendo bem. Fiz bastante fisioterapia e só dei uma parada agora, por conta dos treinamentos. A princípio, eu não conseguia fazer movimentos de mais amplitude e nem chutar, mas agora consigo e mesmo lesionado conquistei medalhas. Importante é adquirir confiança e focar 100% no mundial”, afirmou Bruno Conde.

Futebol

Saindo do esporte amador para o profissional, vamos falar, ainda, da maior paixão esportiva do Pais da bola: o futebol.

Representantes de clubes e da Federação de Futebol do Espírito Santo (FES) se reuniram esta semana para o segundo arbitral do Capixabão 2022.

O encontro definiu questões importantes sobre a competição e contou com participação dos dez times habilitados para a disputa: CTE Colatina, Desportiva Ferroviária, Estrela do Norte, Nova Venécia, Real Noroeste, Rio Branco AC, Rio Branco FC, Serra, Vilavelhense e Vitória.

Fórmula de disputa

Após a apresentação de três propostas, a escolha da maioria foi pela manutenção da fórmula de disputa. Assim, os 10 clubes se enfrentam em um mesmo grupo em turno único, no modelo de pontos corridos, com os oito primeiros avançando para as quartas de final.

As quartas de final será disputada em jogos de ida e volta. O time de melhor classificação na primeira fase é o mandante do jogo de volta e tem a vantagem do empate na soma dos placares.

As semifinais também acontecem em dois jogos, com o time de melhor campanha na primeira fase sendo o mandante do segundo jogo. Porém, em caso de empate na soma dos placares, e disputa vai para os pênaltis. O mesmo vale para os dois jogos das finais.

Vagas em competições nacionais

O campeão do Capixabão 2022 fica com as vagas para a Série D do Campeonato Brasileiro 2023 e Copa do Brasil 2023. O vice-campeão também se classifica para a Série D do Campeonato Brasileiro 2023.

Assim, a Copa Espírito Santo 2022 vai valer vaga para a Copa do Brasil 2023 e para a Copa Verde 2023, para o campeão, e mais uma vaga da Copa Verde 2023, para o vice-campeão.

Tabela e início do Capixabão 2022

Com 15 datas, o Capixabão 2022 tem previsão de início no dia 29 de janeiro de 2022 .

Matheus Thebaldi

Jornalista

(27) 99969-1596

https://donoleari.com.br/

Carateca Bruno Conde

Carateca Bruno Conde

Carateca Bruno Conde

Carateca Bruno Conde

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham