Didu Russo fala do novo catálogo da Premium Wines

didu

NEC = Nota do Editor Chefão, Don Oleari –

Como sou seguidor do economista e jornalista Didu Russo desde os tempos do Blogui Don Oleari – para o qual ele mandou 3 textos sobre o b a = ba do vinho – sempre frequento seu bótimo saiti  didurusso.com.br . Há uns dois anos, interagindo com ele numa matéria que ele fez num vídeo, fiz-lhe uma consulta.

Perguntei ao Didu se poderia reproduzir algumas coisas dele veizincando no Portal Don Oleari. Ele, muito prontamente e muito gentilmente me respondeu:

– “Você pode reproduzir o que você quiser do meu saiti ou dos meus vídeos”.

Agradeci e programei prum momento em que estivesse com o Portal Don Oleari rearrumado – como estamos agora, faltando ajustes alguns nas editorias e outras miudezas – que começaria a reproduzir algumas matérias do Didu Russo. Esta é a primeira.

Vale a pena conferir as informações dum cara dos mais célebres no mundo do  vinho no Brasil Varonil Céu de Anil (Don Oleari)

 didu-russo-1.jpg
didu russo, economista, jornalista

 

Coluna  MEU VINHO MINHA VIDA – 

Reprodução com autorização de Didu Russo

https://www.didu.com.br/

 

A Premium Wines está com um catálogo novo, lindíssimo por sinal. Essa é uma das importadoras de que gosto muito. Você entra lá com a luz apagada e o vinho que você pegar é bom. Dos mais simples aos mais selecionados.

Muitas mudanças aconteceram no portfólio deles nos últimos dois anos, como a inclusão de um novo país (Grécia), de novas regiões, como o Languedoc, na França, e Jerez, na Espanha.

Veja alguns dos principais destaques:

Os espetaculares rótulos da Estate Argyros, de Santorini, na Grécia, com vinhos feitos com vinhas de até 200 anos de idade.

O tradicional produtor de Jerez Delgado Zuleta, nessa onda de retomada mundial desse vinho único.

Os vinhos de alguns produtores excepcionais do Languedoc, como Sylvain Fadat, do Domaine d’Aupilhac, escolhido pela Revue du Vin de France
como o enólogo de 2021 na França, poucos meses depois do Orlando começar a importar seus vinhos.

Vinhos de duas das melhores cooperativas da França, a Terres Secrètes, da Borgonha, eleita pela Revue du Vin de France a cooperativa de 2021, e a Cave d’Embres et Castelmaure, do Languedoc, destacada no Guide Des Vins Bettane + Desseauve e no Pocket Wine Book 2020 de Hugh Johnson.

Esse parece ser um bom caminho, em face dos preços absurdos dos vinhos dos produtores tradicionais. Aproveite.

https://donoleari.com.br/divorcio-litigioso/

#provinho #dicasdodidu

Didu

 

Tags

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham