Em nova exposição Wagner Veiga resgata traços da arquitetura poética do Centro de Vitória

 

Um passeio turístico pela arquitetura do Centro Histórico de Vitória/ES a partir dos bicos de pena de Wagner Veiga.

 

 

O artista plástico vê além das estruturas da verticalização urbana e transporta para um estágio mais profundo de consciência da cidade.

É o que mostra a exposição Arquitetura Afetiva.

Os desenhos do Centro antigo são mais que um processo de resgate e resistência e são, sobretudo, uma escolha estética que transborda poesia.

A foto é um mimo da filha Carol Veiga, registrando um bom momento.

O registro das fachadas de igrejas e antigos casarios, a riqueza de suas composições e desenhos são mais que a mera representação da arquitetura em si, eles filtram os elementos da história e da memória para alimentar a nova arquitetura a partir do olhar peculiar do artista.

Em sua representação, o desenho não é uma mera cópia do real ou uma reprodução mecânica do original.

Wagner busca uma interpretação elaborando correspondências, poesia e atribuindo novas configurações ao original. Ver, sentir e ir além.

Arquitetura Afetiva – Wagner Veiga
Local: Arquivo Público do Estado do Espírito Santo.
Endereço: Rua Sete de Setembro, 414. Centro, Vitória/ES
Abertura: 27/11 (terça-feira), às 19 horas.
Período: 27 de novembro a 28 de dezembro
Horário de visitação: segunda a sexta-feira, das 10h às 17h30.
Entrada gratuita.
Classificação indicativa: Livre.
27 – 3636.6100

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham