Enterro à vista

Um grupo composto de idiotas, liderado por um vereador do PT, de Curitiba, invadiu na manhã do dia 6 a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, expulsando os fiéis que ali estavam. Interromperam o ato religioso e disseram os maiores impropérios contra a ordem religiosa.

A transmissão do vídeo através da imensa rede social deixou o já cambaleante quadro político nacional em estado de perplexidade.

O que pode acontecer quando esses audaciosos extremistas perderem as eleições, proximamente?

O ato tresloucado dos petistas é um claro sinal de que está próximo em transformar o país numa grande baderna, ocasião em que vai morrer muita gente.

Consta ainda que a maioria da sociedade brasileira professa o catolicismo. Vamos supor que não fosse isso verdade? Não importa! Os que ali estavam, por suas próprias convicções religiosas merecem o respeito, a proteção do Estado. Não pode acontecer esses atos de loucos que podem atingir qualquer segmento religioso. O PT não é dono da verdade e ele jamais chegará ao poder com esse tipo de ação. Certamente que, a falta de uma comunicação mais rápida, impediu que ocorresse uma tragédia, porque poderia gerar um conflito de grandes proporções numa cidade onde a maioria é composta de católicos e com direito a ter sua igreja e fazer suas orações.

Com nove meses para a ocorrência do pleito nacional, os petistas mostram desesperados com a iminente derrota. Lula e seus ensandecidos companheiros tem que ser banido da vida pública. Esse pessoal não vai destruir a nação, não vai fazer de nossa pátria uma Venezuela, uma Cuba, uma Bolívia, uma republiqueta vagabunda qualquer.

A sociedade brasileira vai virar a mesa e, em socorro dela, caso essa tragédia comunista que Lula anuncia apareça, vai ocorrer uma grande tragédia nacional.

Vai morrer muita gente e, nesse meio, muitos inocentes.

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham