Coluna SPORTOTAL – Matheus Thebaldi | Mariana Ribeiro, goleira capixaba é convocada para seleção feminina sub-17

goleira
goleira
Matheus Thebaldi

Goleira capixaba é convocada para seleção brasileira feminina sub-17

Coluna SPORTOTAL – Matheus Thebaldi

O atacante Richarlison não é o único capixaba a integrar atualmente a seleção brasileira de futebol. Isso porque a equipe Sub-17 feminina do Brasil também conta com uma atleta nascida no Espírito Santo: Mariana Ribeiro, natural de Guarapari.

Ela, que é goleira do Fluminense e tem 16 anos, foi convocada para se juntar ao grupo verde e amarelo, que passará por um período de treinamento, do dia 26 de julho ao dia 6 de agosto, nas cidades de Pinheiral e Teresópolis, ambas no Rio de Janeiro.

Se estar na seleção brasileira é um sonho para qualquer jogador de futebol, no caso de Mariana Ribeiro, a convocação ganha um peso ainda maior, já que a modalidade, até pouco tempo, não era seu esporte preferido.

“Eu praticava três esportes. Em primeiro lugar, para mim, estava o atletismo. Depois, o vôlei. Já o futebol era a terceira opção”, contou a capixaba.

Goleira

“Mas veio a pandemia e as coisas mudaram. Todas as competições de atletismo pararam, assim como as de vôlei. Porém, o futebol foi o primeiro esporte a começar a ter um retorno das atividades e acabei me dedicando mais a ele. Logo depois, fui jogar no Vilavelhense. Quando estava lá, fui ao Rio de Janeiro fazer uma avaliação no Fluminense e passei nos testes. Já estou no clube há três meses”, completou a goleira.

O fato de o atletismo ser sua modalidade preferida não era à toa, já que Mariana Ribeiro despontava como talento e vinha colecionando bons resultados.

Na última edição pré-pandemia dos Jogos Escolares da Juventude, disputada em Blumenau, em 2019, por exemplo, ela trouxe na bagagem de volta para o Espírito Santo duas medalhas, uma de prata e outra de bronze, nas provas de salto em distância e salto em altura, respectivamente.

Outra mostra de sua versatilidade é que ela não começou atuando no futebol como goleira, mas na linha. “Comecei, na verdade, jogando futsal. Era lateral ou atacante. Mas acabei indo para o gol no Vilavelhense”, explicou.

Agora, estabelecida em um grande clube e convocada para a seleção brasileira, Mariana Ribeiro comemora a nova fase.

“É uma emoção muito grande fazer parte dessa convocação, tanto para mim quanto para a minha família. Estou realizando um sonho de criança, que é o de poder praticar o esporte de alto rendimento. Sou grata a Deus por me abençoar e permitir fazer parte disso tudo”, exclamou.

Goleira

O fato de o atletismo ser sua modalidade preferida não era à toa, já que Mariana Ribeiro despontava como talento e vinha colecionando bons resultados.

Na última edição pré-pandemia dos Jogos Escolares da Juventude, disputada em Blumenau, em 2019, por exemplo, ela trouxe na bagagem de volta para o Espírito Santo duas medalhas, uma de prata e outra de bronze, nas provas de salto em distância e salto em altura, respectivamente.

Outra mostra de sua versatilidade é que ela não começou atuando no futebol como goleira, mas na linha. “Comecei, na verdade, jogando futsal. Era lateral ou atacante. Mas acabei indo para o gol no Vilavelhense”, explicou.

Agora, estabelecida em um grande clube e convocada para a seleção brasileira, Mariana Ribeiro comemora a nova fase.

“É uma emoção muito grande fazer parte dessa convocação, tanto para mim quanto para a minha família. Estou realizando um sonho de criança, que é o de poder praticar o esporte de alto rendimento. Sou grata a Deus por me abençoar e permitir fazer parte disso tudo”, exclamou.

Na última edição pré-pandemia dos Jogos Escolares da Juventude, disputada em Blumenau, em 2019, por exemplo, ela trouxe na bagagem de volta para o Espírito Santo duas medalhas, uma de prata e outra de bronze, nas provas de salto em distância e salto em altura, respectivamente.

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham