Iphan iniciou reforma da Igreja dos Reis Magos de Nova Almeida nesta quinta-feira, 31

Iphan

Iphan

Veja também:

Vítimas das enchentes em Viana e de outros municípios recebem 20 mil cestas básicas 

Ações de preservação dos monumentos dos Jesuítas no Espírito Santo

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) iníciou nesta quinta-feira (31) as obras de restauro da Igreja e da Residência dos Reis Magos, em Nova Almeida, na Serra. O conjunto arquitetônico foi tombado pelo Iphan em 1943. A igreja foi construída no final do século XVI, na aldeia instalada pelos jesuítas na margem direita do rio dos Reis Magos. O projeto é realizado por meio do edital “Resgatando a História”, do BNDES, em parceria com a EDP e o Instituto Cultural Vale, com apoio da empresa Biancogres.

“Uma ação  de grande importância para a preservação da história e da memória do povo capixaba, assim como os restauros do Santuário de São José de Anchieta e da Igreja de Nossa Senhora da Ajuda, em Araçatiba, Viana. Trabalhamos intensamente para sua realização. O Convento da Penha também passa por restauro com recursos que garantimos por meio de uma emenda ao Orçamento do Governo Federal. Além do restauro do santuário, está sendo realizado uma pesquisa inédita de arqueologia no Convento”, destacou o deputado Evair de Melo.

O trabalho de Evair contribui para as obras de preservação do patrimônio histórico, sendo que mais de R$ 10,5 milhões foram investidos na readequação e restauro do Museu de Anchieta e, R$ 400 mil de emenda parlamentar,estão sendo aplicados nas obras do Convento da Penha.Nos restauros das igrejas de Araçatiba e de Reis Magos serão investidos mais R$ 4 milhões.

Jesuítas

Segundo ponto turístico religioso mais visitado do Espírito Santo, a Igreja dos Reis Magos foi construída pelos jesuítas com a ajuda dos índios tupiniquins, entre 1580 e 1615. No local está exposta a primeira tela em óleo sobre madeira pintada no país, o quadro “Adoração dos Reis Magos”.

A Igreja receberá obras de restauro de paredes, mobiliários, piso e imagens. O trabalho prioriza a preservação das características originais, em alinhamento aos rígidos padrões internacionais e apresenta soluções modernas que favorecem a conexão com a sociedade.

Vítimas das enchentes em Viana e de outros municípios recebem 20 mil cestas básicas 

Vítimas

O Governo Federal, por meio do deputado federal Evair de Melo, segue atendendo às necessidades dos municípios capixabas que foram assolados pelas últimas chuvas no Estado.

O município de Viana foi contemplado com 5.300 cestas básicas para distribuir às famílias mais prejudicadas, que ficaram expostas à situação de risco e vulnerabilidade social.Questionado sobre o andamento do processo para as demais regiões, o deputado garante:

“As solicitações feitas por mim ao Ministério da Cidadania foram atendidas e já estão beneficiando diretamente com recursos e 20 mil cestas básicas a população de 10 municípios do Estado que tiveram sua situação de emergência reconhecida pelo Governo Federal, em decorrência da calamidade pública provocada pelas chuvas. Afonso Claudio e Mimoso do Sul já entraram para esta lista e agora estamos trabalhando para que os municípios de Apiacá, Jerônimo Monteiro, Nova Venécia e São Gabriel da Palha também sejam reconhecidos para que possam receber ajuda emergencial do Governo”, informou.

Segundo Evair, a distribuição de cestas básicas se dá por meio de análise das famílias e pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional, nos municípios do Estado que foram mais atingidos pelas enchentes.

“Consideram-se situações de insegurança alimentar e nutricional aquelas que são advindas da indisponibilidade ou do precário acesso, ainda que temporário, a alimentos de qualidade e em quantidade suficiente para prover a subsistência da família ou pessoa, sendo percebidas em três níveis: leve, moderado e grave”, explicou.

O parlamentar tem acompanhado de perto todo o processo de formulação e encaminhamento dos pedidos de ajuda financeira e assistencial aos municípios capixabas, desde o momento inicial até a sua execução dos repasses financeiros e entrega de cestas básicas. O deputado segue atento e preocupado para que todos recebam de forma ágil, principalmente aquilo que é tão essencial no dia a dia: alimento na mesa.

Privatização da Codesa | Por Joe Conti | 1/4

Iphan

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham