LGBTfobia no Carnaval Capixaba

O universo do samba capixaba está todo empolgado com a Eleição da Família Real do Carnaval. São várias reportagens na imprensa e nos sites especializados de carnaval. Além disso, escolas e sambistas estão compartilhando tudo relativo ao concurso em suas redes.

Mas em relação a LGBTfobia protagonizada pela LIESGE – mais uma vez -, o silêncio é total.

Desde o início a proposta era realizar uma parceria com a LIESGE para realização do “Concurso da Corte Real LGBTQI+ do Carnaval Capixaba”. Na época o então presidente da Liga, Edvaldo Teixeira, assinou uma carta de anuência que dizia haver interesse da Liga em participar do “Concurso da Corte Real LGBTQI+ do Carnaval Capixaba”.

A atual gestão da Liga não tem mais interesse no projeto?
Por quê?
A pauta da diversidade não tem importância?
Por que o presidente não atendeu nossa solicitação de reunião?
Qual o motivo do descaso?

Até agora não obtivemos nenhuma resposta da LIESGE.

Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham