Lorena Rassele Croce e Camila Folli Carvalho, novas coordenadoras do Centro Da Vinci | Comer certo se aprende na escola | 23/10

novas coordenadoras

Novas coordenadoras de programas internacionais

Lorena Rassele Croce e Camila Gava Folli Carvalho são as novas coordenadoras do Centro Educacional Leonardo da Vinci.

Lorena assume a coordenação dos Programas Internacionais Elementary, Middle e High School, realizados em parceria com a americana University of Missouri, entre outras atividades como o University Connection (orientação para processos seletivos no exterior), a visita anual à Nasa, a Harvard Model UN, o Fórum FAAP e a participação no Summer Camp da ONU.

Há 20 anos na escola, ela é formada em Letras Inglês, atua como professora de Inglês na Middle School há 3 anos e trabalhou como assessora da Direção por 17 anos.

Camila, na escola há 19 anos, fica responsável pelas áreas de Espanhol e de terceira língua (alemão, italiano e francês). Ela é graduada em Letras com habilitação em Língua Espanhola, Língua Portuguesa e Respectivas Literaturas, com especializações em Língua Espanhola e Cultura Hispânica e Direito e Gestão Educacional, tendo 21 anos de atuação em sala de aula nas disciplinas de Espanhol e Horário de Estudo.

A expectativa de ambas é dar continuidade aos programas já consolidados na escola, inserindo sempre inovações conectadas com as tendências educacionais mais avançadas do mundo, que expandam continuamente a mobilidade acadêmica dos estudantes, facilitando a entrada deles em universidades e empresas do Brasil e do exterior.

Comer bem também se aprende na escola

Dia Nacional da Alimentação Escolar comemorado neste 21 de outubro.

Práticas saudáveis de alimentação também se aprende na escola.

 Educacao-Alimentar-1-e1634757915444.jpego-Alimentar-1-e1634757915444.jpegAlimentar-se de forma saudável, diversificada e equilibrada pode “vir de berço”, mas também ser algo aprendido na escola.

Afinal de contas, o ato de se nutrir faz parte das diversas atividades realizadas diariamente pelos alunos e pode ser aproveitado para estimular o desenvolvimento de hábitos saudáveis de alimentação desde a infância, prática reforçada no Dia Nacional da Alimentação Escolar, comemorado nesta quinta-feira, dia 21 de outubro.

No Centro Educacional Leonardo da Vinci há mais de 30 anos é realizado o Projeto Educação Alimentar. De acordo com o diretor Mário Broetto, a escola optou por não ter cantina com industrializados e oferecer os alimentos aos alunos em refeitórios.

“Com a orientação de uma equipe de Nutrição, criamos oportunidades de experimentação de itens naturais diversificados, como frutas, legumes, verduras, grãos, cereais, etc., incentivando-os a adquirir hábitos saudáveis e ter uma relação amigável e consciente com a comida, além de bom comportamento à mesa”, explica.

Durante o ano e conforme a faixa etária, o projeto envolve atividades sistematizadas como rodas de estudo sobre alimentos, experimentação em sala de aula, encontro com a nutricionista da escola, plantio de sementes, acompanhamento do ciclo da vida, colheita no herbanário, entre outras.

Segundo o diretor, a expectativa é formar cidadãos que saibam fazer boas escolhas em relação à alimentação e até influenciem positivamente suas respectivas famílias nesse aspecto.

“A formação integral que propomos aos nossos estudantes passa pela alimentação. Buscamos mostrar a eles que comer de forma balanceada vai além do simples satisfazer de necessidades fisiológicas, pode também ser divertido, afetivo, cultural e social”, explica o diretor.

https://donoleari.com.br/netinho-leva-alegria-as-criancas/

https://www.davincivix.com.br/

Novas coordenadoras

Novas coordenadoras

Novas coordenadoras

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham