Quem somos[email protected]

Search

Operação da Polícia Civil e EDP flagra furto de energia elétrica em um bar e restaurante em Aracruz

furto de energia

Furto de Energia

A Polícia Civil e técnicos da EDP realizaram, na manhã do último sábado, 6, uma inspeção em um bar e restaurante, localizado em Irajá, em Aracruz.

Durante a vistoria, os peritos identificaram uma ligação direta no sistema de medição da energia elétrica, configurando furto da energia consumida no local.

Os técnicos da concessionária desfizeram a ligação irregular e conectaram a alimentação de energia ao medidor, que voltou a registrar o consumo.

A Distribuidora esclarece que a ligação direta sem a devida medição ou qualquer violação e manipulação do medidor de energia é um crime, pois não permite o registro correto de faturamento da energia consumida.

A equipe de policiais civis da Divisão Especializada de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio de Vitória realizou os trabalhos de investigação, bem como conduziu o responsável pelo estabelecimento para a Delegacia Regional de Aracruz.

Ele foi apresentado à autoridade policial para adoção das medidas cabíveis.

Crime

O furto de energia é crime, previsto no Artigo 155 do Código Penal Brasileiro: “Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel: pena de reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa”.

Além do processo criminal, o proprietário irá arcar, conforme a regra da Resolução ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), com a cobrança de toda energia não faturada durante o período da irregularidade, além do custo administrativo.

O furto de energia elétrica traz prejuízos a todos. De acordo com as normas da ANEEL, a tarifa de energia abrange também as perdas elétricas.

Sendo assim, o custo da energia usada irregularmente pelas pessoas que cometem esse crime é parcialmente repassado a todos os usuários da rede.

Além de ser uma prática perigosa, as fraudes podem provocar sobrecarga na rede elétrica, com prejuízo para a população que sofre com a falta do fornecimento em suas residências e ruas ou, por exemplo, com danos aos equipamentos elétricos e ainda devido à queda na qualidade da energia.

Furto de Energia

Edição, Don Oleari – [email protected] | https://twitter.com/donoleari – E Regina Trindade

http://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare –

Com Marcelo Pedroso

Ziraldo | Perdemos dimontão: ele vai, mas sobrevivem Menino Maluquinho e sua obra

Mauricio de Sousa lamenta a morte de Ziraldo

Baixo Guandu, 89 anos! Primeira noite da Festa de Baixo Guandu/ES foi beeeleeeezaaaaaaa!

Baixo Guandu, 89 anos segunda noite! De sábado para domingo, a festa bombou e foi só cantoria, dança e alegria

Humor como Arma | SCCPP: Subversão Cômica Contra os Podres Poderes

COMPARTILHE:

Picture of Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados

A Bicharada do Don Oleari.