Quem somos[email protected]

Search

Rivaldo relembra Luxemburgo antes de atuar no Cruzeiro: “Você não vai para o São Paulo. Vem pra cá jogar no Cruzeiro” | 14/8

Rivaldo relembra

Rivaldo relembra

Com passagens por Palmeiras e Cruzeiro, o pentacampeão Rivaldo falou com exclusividade à Betfair sobre sua passagem pelos dois clubes, que se enfrentam nesta noite pelo Campeonato Brasileiro.

O pentacampeão e embaixador da Betfair também deu seu palpite sobre quem deve levar a melhor no “Clássico Betfair” entre Palmeiras e Cruzeiro, e contou sobre suas experiências atuando nos dois clubes

Embaixador da Betfair, o pentacampeão Rivaldo relembra história no Palmeiras e no Cruzeiro, os dois clubes patrocinados pela casa de apostas no Brasil. Ídolo do Verdão até hoje, com participação de destaque no título brasileiro do clube em 1994, o ex-jogador teve uma rápida passagem pela Raposa em 2004, e participou do grupo que conquistou o Campeonato Mineiro daquele ano.

rivaldo-cruzeiro-1-1.jpg 14 de agosto de 2023 25 KBEm entrevista exclusiva à Betfair, Rivaldo disse o que espera do “Clássico Betfair” entre Palmeiras x Cruzeiro, que acontecerá nesta segunda (14). O craque também recordou sua passagem pelo Cruzeiro, em 2004, quando recebeu o convite do seu antigo treinador, Vanderlei Luxemburgo, para retornar ao futebol brasileiro, e também relembrou quem eram os principais jogadores com quem atuou no Palmeiras entre 1994 e 1996.

E pensando no primeiro “Clássico”, a casa de apostas propôs que para cada gol marcado na partida, sejam doados R$15.000,00 para o projeto beneficente Esporte Futuro, criado pela própria casa de apostas com o objetivo de ajudar associações que trabalham em prol do esporte no Brasil.

Ao analisar a partida desta noite, Rivaldo afirmou:

“São dois times grandes. Mas hoje eu vejo o Palmeiras um pouco mais à frente que o Cruzeiro. O Cruzeiro passou por momentos difíceis lá atrás, estava na segunda divisão e voltou para a Série A, ainda se adaptando no campeonato, onde está brigando ali no meio da tabela e precisa ter um pouco de cuidado. Ainda falta muito campeonato pela frente e o Cruzeiro tem uma estrutura muito boa e ele precisa sempre se manter na primeira divisão, pela torcida que tem e pelo clube que é. Mas hoje eu vejo o Palmeiras mais preparado para fazer um grande jogo e conseguir a vitória”, destacou o craque.

Lembranças das passagens por Palmeiras e Cruzeiro

Pentacampeão do mundo com a Seleção Brasileira em 2002 e com uma Champions League conquistada em 2003, pelo Milan, Rivaldo desembarcou em terras brasileiras no ano de 2004 para atuar no Cruzeiro, time campeão da tríplice coroa em 2003, quando os mineiros conquistaram a Copa do Brasil, Campeonato Mineiro e o Brasileirão.

O ex-jogador destacou à Betfair como foi essa negociação para retornar ao futebol brasileiro, tendo o técnico Vanderlei Luxemburgo como o ponto principal para escolher a Raposa como seu próximo time na carreira. “Eu tinha uma proposta do São Paulo na época e lembro que o Luxemburgo me ligou e disse: ‘Você não vai para o São Paulo. Vem pra cá jogar no Cruzeiro!’. Como eu já tinha uma consideração muito grande pelo Vanderlei Luxemburgo naquela época eu disse ok para o professor, vou me juntar à vocês aí no Cruzeiro”, disse o embaixador da Betfair.

Rivaldo também relembrou sua saída precoce do clube, poucos meses após sua chegada, fazendo onze jogos e dois gols pela equipe Celeste Mineira.

“Um dia eu chego no clube e eu vi que o presidente estava conversando e falando que o Vanderlei tinha ido embora, isso era um sábado. O presidente falou com o grupo e disse que quem não estivesse contente por alguma coisa, também poderia ir embora. Ai terminando essa preleção, eu fui para o vestiário pensar, já que o Vanderlei tinha me convidado e me indicado para o clube. Depois eu liguei para o presidente e falei: ‘Entendo tudo que você falou e como o Vanderlei saiu, pela consideração que eu tenho por ele, eu também gostaria de rescindir o meu contrato’ ”.

O ídolo brasileiro também comentou que sua saída aconteceu um dia antes de um Atlético Mineiro e Cruzeiro. “Eu rescindi meu contrato no sábado, no domingo, tinha Atlético Mineiro e Cruzeiro, mas como eu rescindi o contrato no dia anterior ao clássico, eu acabei não jogando. Peguei meu carro em Belo Horizonte e vim para São Paulo”, comentou.

Rivaldo acreditava que poderia ter uma história ainda melhor com o clube Celeste.

“Hoje as pessoas olham a história do Rivaldo no Cruzeiro e olham como um fracasso pelo tempo que eu fiquei, mas não vejo por esse lado. Foi pouco tempo, fui campeão Mineiro e joguei algumas partidas. Mas é claro que se eu ficasse até o final da temporada, poderia ter tido uma história melhor”, comentou.

Falando sobre o Palmeiras para a Betfair, Rivaldo relembrou que atuou em um dos principais times da história do clube e contou quem era os principais jogadores com quem conviveu na Academia.

“Era uma resenha boa no Palmeiras. Naquela época eu jogava e me divertia quando entrava em campo com o Palmeiras. Tínhamos grandes jogadores, sendo muito fácil jogar com esse time que o time tinha o Edmundo, Evair, César Sampaio, Antônio Carlos, Cléber, Cláudio, Djalminha, Luizão, Muller, Cafu. Nosso time era muito bom naquela época, conquistamos bons títulos e fizemos parte da história do Palmeiras”, declarou o embaixador da Betfair.

 

Sobre a Betfair

Uma das maiores provedoras de apostas esportivas online do mundo, a Betfair é patrocinadora oficial das equipes do Cruzeiro e do Palmeiras. A empresa, fundada em Londres (ING) no ano de 2000, foi pioneira na oferta de apostas peer-to-peer (Betfair Exchange) e gerencia um conjunto completo de apostas esportivas, eventos de entretenimento e produtos de jogos on-line para mais de quatro milhões de clientes maiores de 18 anos em todo o mundo.

Graças à sua tecnologia de ponta, a plataforma oferece um amplo catálogo de produtos que permite apostar com suas próprias cotas e cotas oferecidas por outros usuários. A Betfair está licenciada para operar apostas online e outros jogos em 19 países, incluindo Espanha, Itália, Malta, Colômbia e Grã-Bretanha.

Rivaldo relembra

Edição, Don Oleari – [email protected]

https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Sesc Wine Music: vinhos, gastronomia, cerveja artesanal e boa música no Sesc Domingos Martins | 14/8

Manoel Goes: folclore, o saber popular, a “ciência do povo” | 12/8

Ítalo Campos: Ao pai

Baldan destaca produtos da sua linha canavieira na 29ª Fenasucro & Agrocana, em Sertãozinho/SP

Potencializando Equipes: O poder do Team Building = construção de equipe | 14/8

Sesc Wine Music: vinhos, gastronomia, cerveja artesanal e boa música no Sesc Domingos Martins | 14/8

 

COMPARTILHE:

Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados