José Raimundo Pereira, tutor, e acusado de matar Spike, Gilvanei Silva dos Santos, terça, 13, na CPI dos Maus Tratos

spike

Caso Spike:  CPI dos Maus-Tratos entregou nesta quinta-feira notificação para que tutor e acusado de matar cão na Serra/ES sejam ouvidos dia 13.

Segundo Janete de Sá, CPI vai encaminhar ao Ministério Público o que for apurado

Spike

Na próxima terça-feira (13), a CPI dos Maus-Tratos contra os Animais deve colher os depoimentos dos envolvidos na morte do cachorro Spike, ocorrida no início deste mês na Serra.

Nesta quinta-feira (8), com o apoio dos militares da força tática da 14ª Companhia do 6° Batalhão, os servidores da CPI entregaram as convocações ao tutor do animal, José Raimundo Pereira, e ao acusado Gilvanei Silva dos Santos.O crime aconteceu no dia 1º de julho, no bairro Feu Rosa. O animal foi morto a facadas e o acusado acabou preso em flagrante, mas liberado após audiência de custódia.

– “Nós queremos com a convocação dos envolvidos na CPI, ouvir as justificativas do agressor, que até agora não disse por que cometeu um crime tão covarde, desferindo duas facadas profundas no animal, que chegou a ter as vísceras expostas. Na polícia ele se reservou ao direito de só falar em juízo”, explica a presidente da CPI, Janete de Sá (PMN), acrescentando que as informações apuradas serão encaminhadas ao Ministério Público.

– “Entendemos que esse homem é um risco para a sociedade, uma vez que em estado de embriaguez pode colocar em risco a vida não só de animais, como de seres humanos”, afirma a parlamentar.

A presidente da CPI vem acompanhando o caso e, no dia 2 de julho, encaminhou ofício ao delegado regional da Serra, José Luiz Pazzeto, solicitando cópia integral do procedimento interrogatório que resultou na prisão do agressor.

O crime de maus-tratos a animais prevê pena de prisão que varia de 2 a 5 anos de prisão.A audiência da CPI dos Maus-Tratos contra os Animais acontece na terça-feira (13), às 18h10m, na Assembleia Legislativa. Além do tutor e do acusado de matar o animal, também vão ser ouvidos os policiais militares que atenderam à ocorrência no dia do crime.

Com Redação Web Ales e Nety Façanha – edição de Angèle Murad.

Foto: Ellen Campanharo

 

https://donoleari.com.br/medicina-do-todo-leonardo-contijo-don-oleari/

https://www.al.es.gov.br/Noticia/2021/07/41318/caso-spike-convocados-vao-depor-na-terca-13.html

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham