Vinho Viejo Feo numa agradável festa de Amigo X – 2/1/2022

Vinho Viejo Feo

Vinho Viejo Feo

Todo “viejo feo tiene sus encantos”.

 Don-Oleari-Corleone-1-1.jpg
Don Oleari

 

COLUNA MEU VINHO MINHA VIDA – Don Oleari, O “Engólogo”

Recebi numa surpreendentemente agradável e gostosa festa de amigo X – não existe nada mais chato duqui festa de Amigo X, cantar repibarstidei tu iú, dingoubels e mericristimas kkk – uma garrafa de vinho chamado Viejo Feo.

Meu amigo X era o Paulo Angelo Falcini, que escreve uma coluna de vinho no Jornal MovNews – movnews.com.br .

Já degustei centenas de bons vinhos da uva Carmenére, da qual eu, a Daise Lira e o Olívio, nossos primos de São Paulo, gostchiamo muntchio.

Nunca abri uma Carmenére que necessitasse de decanter e ou de muito tempo de “respiro”, ao abrir a garrafa.

Simplesmente ácido, como jamais vira uma Carmenere.

Vinho Viejo FeoDesisti depois de taça e meia, taquei a rolha na garrafa, levei pra geladeira e defini: vai pro molho de uma carne da hora.

Antes, resolvi reler o rótulo. E me fixei na imagem do Viejo Feo.

Na verdade, menos Feo que eu e de traços firmes, definidos quinenqui podem ver na foto.

Traços intensos, mais que o “Intenso” dedicado à descrição do vinho.

Garrei a matutá. Tão intensos quanto os do Viejo Feo que digita estas linhas aqui. Calejado por jornadas e mais jornadas, todas carregadas de muitas horas de trabalho a cada dia de cada semana, de cada mês de cada ano. Ao longo dos últimos 800 anos

E com linhas idênticas, de um Viejo com as marcas de muito trabalho, muitas realizações, quem sabe?

Encantei-me com a imagem do Viejo Feo do rótulo. E viajei pela imaginação, buscando naquelas feições uma possível bela história de muita vivença entre velhos e novos parreirais, uma quantidade infinitesimal de cachos de uvas em milhares de barris e sucessivas fermentações ao longo dos anos, contando zilhões de garrafas de vinhos de todas as cepas.

Enfim, um Viejo Feo que proporcionou a este Viejo Feo praticar esta cronicascatinha despretensiosa.

 viejo-feo-garrafa-1-1.pngResumo da ópera. Dois dias depois, buscando algo pra moiá a palavra na hora da repiauar, latões de puro malte desapareceram da geladeira, iuqui fez este Viejo Feo?

Encarei a garrafa do vinho destinado ao molho de uma carne e disse com toda a firmeza:

– Não tem tu, vai tu memo!.

Os dois dias de geladeira amenizaram a acidez do primeiro momento.

E o que sobrou foi a imagem firme, intensa, do Viejo Feo do rótulo. Por último, mas não o pior, anoto para meu consolo que todo “viejo feo tiene sus encantos”.

A mema história que registra que todo velho e todo gordo têm seu charme.

Meu aprendizado de vinhos

Na próxima coluna, faço anotações de meus princípios de aprendizado na prática da “engologologia”.

Que foi iniciada nos garrafões de Chapinha, Sangue de Boi, Balardin, entroutros vinhos de mesa que inflam índices de consumo de vinho no Brasil Varonil, segundo um dos meus ídolos do mundo do vinho, o jornalista e economista Didu Russohttp://didurusso.com.br .

E, em São Paulo, lendo o saudoso Saul Galvão no jornal O Estado de São Paulo (Oswaldo Oleari Oleare – FB).

Serviço:

Viejo Feo, reserva, uva Carmenére

Preço: R$ 67,90 na loja Bebidas do Sul

Recomenda-se pesquisar sempre na inferneti, onde os preços variam mais duqui a inflação, os da gosolina e o do gás de cozinha.

https://bebidasdosul.com.br/wine/

Viña Tinajas del Maule nasceu em 1997, quando a família Mena Undurrada adquiriu antigos vinhedos na localidade de Villa Alegre, região do Maule.

A família Mena começou por fortalecer os vinhedos existentes desde 1918 e aproveitar o grande potencial da região. Foram incorporadas às antigas instalações novas tecnologias para a elaboração de vinhos.

Atualmente a vinícola proxuz cerca de três milhões de litros. Conta com vinhedos equivalentes a 300 hectares, com seis variedades: Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir, Carmenere, Sauvignon Blanc, Chardonnay.

Empresa familiar. Presidente: Ignacio Mena; Diretor Enólogo, Juan Ignacion Mena, filho de Ignacio.

Editado por Don Oleari

https://donoleari.com.br/

Vinho Viejo Feo

Vinho Viejo Feo

Vinho Viejo Feo

Vinho Viejo Feo

Vinho Viejo Feo

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham