Quem somos[email protected]

Search

A Voz do Brasil completa 88 anos com programa especial nesta sexta-feira | 21/7

Voz do Brasil

Voz do Brasil

Noticiário radiofônico produzido pela EBC alia tradição e modernidade

Programa de rádio mais antigo em transmissão no Hemisfério Sul e no ar até hoje, A Voz do Brasil apresenta uma edição comemorativa nesta sexta (21/7), véspera de completar 88 anos. Os primeiros dez minutos do especial serão dedicados à efeméride.

Com uma vinheta temática, que combina as versões clássicas da peça “O Guarani ” com as mais recentes, o pioneiro noticiário produzido diariamente pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC) aproxima o cidadão comum das políticas públicas.

O boletim é referência em informação de qualidade sobre prestação de serviço aos brasileiros. Há quase nove décadas, A Voz do Brasil faz parte da vida das pessoas ao incorporar novas tecnologias e manter a essência de oferecer conteúdo informativo útil ao cotidiano da população.

O especial que marca o aniversário da estreia da produção, no ar de segunda a sexta, às 19h (horário de Brasília), desde 22 de julho de 1935, traz depoimentos de ouvintes que tiveram acesso à informação por meio do programa. Os entrevistados tomaram conhecimento sobre direitos, benefícios ou política pública por meio do noticiário.

Como parte das festividades, um dos ex-apresentadores do jornalístico, André Luiz, foi convidado a vir ao estúdio apresentar um trecho do início da atração.

O conteúdo temático ainda leva ao ar a participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a importância de A Voz do Brasil. Os ministros Wellington Dias (Desenvolvimento Social), Flávio Dino (Justiça e Segurança Pública) e Jader Filho (Cidades) também gravaram relatos sobre a relevância do boletim.


A-Voz-do-Brasil-88-anos-Arte-01-Credito-Divulgacao-EBC-1-1.jpg
21 de julho de 2023O presidente da EBC, Hélio Doyle, reforça o papel social do noticiário ao levar informação de fácil acesso a cidadãos de todas as regiões do país.

“A Voz do Brasil, a própria longevidade diz, é hoje um patrimônio da rádio brasileira, do governo, do país. Ela demonstra na prática que continua sendo importante para um número muito grande de brasileiros, principalmente no interior. As pessoas recebem muitas informações pela rádio. E A Voz do Brasil se tornou uma tradição. Para muitas comunidades, é a principal fonte de informação”, afirma.

Hélio Doyle ressalta também o aspecto da transparência.

“Todo governo, todo poder, e falo também do legislativo e do judiciário, tem a obrigação de informar. Tem a obrigação de tornar transparente o que faz, independentemente da audiência, mas tem a obrigação de dizer o que está fazendo, os atos. É necessário informar as pessoas e de maneira acessível. E A Voz do Brasil é isso, um dos instrumentos que o governo tem para fazer um contato direto com a população. É um canal oficial de informação necessário há 88 anos”, completa.

Na avaliação da superintendente de Serviços de Comunicação da EBC, Flávia Filipini, quando a locução anuncia: “em Brasília, 19 horas”, as pessoas sabem que a seguir virão informações sobre políticas públicas de interesse geral.

“A Voz do Brasil faz parte da trajetória e do imaginário da nossa gente. Das grandes cidades até os lugares mais recônditos, há 88 anos a população de todo o território fica sabendo dos principais acontecimentos da nossa história diretamente dos estúdios da Voz. Nossa missão é mantê-la viva, a serviço da sociedade”, analisa Filipini.

Histórias e notícias marcantes veiculadas em A Voz do Brasil

Considerado um patrimônio da comunicação pública e intimamente associado à memória afetiva de moradores de todos os cantos do país, o icônico boletim entrou no ar pela primeira vez nas ondas do rádio brasileiro no dia 22 de julho de 1935 com o título de Programa Nacional. Anos mais tarde, o noticiário passaria a ser conhecido como A Voz do Brasil.

A estreia do histórico programa diário teve a locução de Luís Jatobá. Executada durante a primeira transmissão de rádio do Brasil, na exposição do Centenário da Independência, em 1922, a ópera “O Guarani”, de Carlos Gomes, figura até hoje como prefixo de A Voz do Brasil.

Além de notícias e prestação de contas do governo federal, a produção levou aos ouvintes informações sobre a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). O programa ainda narrou as conquistas do país em cinco edições de Copa do Mundo e a derrota em duas. A Voz do Brasil registrou a inauguração de Brasília (1960) e cobriu a morte de ídolos como Carmen Miranda (1955) e Ayrton Senna (1994).

Também informou a muitos brasileiros fatos marcantes do século XX. Alguns dos principais acontecimentos noticiados foram a invenção da pílula anticoncepcional (1960), a chegada do homem à Lua (1969), os primeiros passos da telefonia móvel (1973), a queda do Muro de Berlim (1989) e a clonagem da ovelha Dolly (1998).

O programa A Voz do Brasil é veiculado em todas as emissoras de radiodifusão brasileiras, entre 19h e 22h pelo horário de Brasília, de segunda a sexta-feira, com exceção de feriados.

Voz do Brasil

Edição, Don Oleari – [email protected] – https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Luiz Felipe Bazzo: Investidores se animam, Ibovespa volta ao positivo e dólar segue em queda | 21/7

Vinhos que mais combinam com o inverno e como harmonizá-los com pratos típicos da estação | 21/7

Copa do Mundo: Bia Zaneratto revela clima positivo na Seleção Brasileira em véspera de estreia | 21/7

Na comemoração de 29 anos do Tetra, Ronaldo falou sobre a Copa de 1994

 

COMPARTILHE:

Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados