Quem somos[email protected]

Search

Energia limpa pode reduzir custos em até 95% e um retorno positivo aos investimentos de empresários

Energia limpa

Energia limpa

O uso da energia solar em empresas para a redução dos custos tem sido cada vez mais frequente

O investimento em energia limpa é uma das melhores maneiras para reduzir os custos com energia em grandes e médias empresas. De acordo com pesquisas feitas, a economia com energia solar tem um impacto direto não só na conta de luz, mas também no orçamento da empresa como um todo. Uma redução de 50% a 95% nas contas de luz.

Diminui os custos de manutenção dos sistemas de calefação de água, além das despesas elétricas. Deve-se levar em consideração, também, que a durabilidade dos painéis solares fotovoltaicos é de cerca de vinte anos e, em grande parte, estão com os preços cada dia mais atrativos, porém, o valor do investimento vai depender do tamanho da instalação.


IMG-20230519-WA00071-e1684634666876.jpgEnergia limpa

Uma outra vantagem, é que devido às tecnologias existentes é possível fazer a venda do excedente do conteúdo produzido durante o dia, caso exista, para a concessionária de energia da sua região.

Uma alternativa aprovada pela ANEEL através da resolução nº 482/2012. Além disso, uma outra possibilidade, é fazer a estocagem do excedente da produção do dia para o consumo noturno, por meio das baterias.

Outros benefícios também podem ser vistos neste investimento, como por exemplo, menos impacto ao meio ambiente. A energia solar é um recurso renovável e limpo, já que a fonte geradora de energia é o sol, isso faz com que não haja danos à natureza e nem à atmosfera.

Energia limpa

“Temos um grande volume do recurso hídrico, o que impacta diretamente na geração de hidrelétricas, por exemplo, e uma disponibilidade solar muito grande, o que nos difere de outras economias e outros países. O avanço da energia solar do Brasil se deu a partir de 2012, com a regulamentação da Lei de Geração Distribuída, ocasionando um crescimento exponencial gradativo”, disse José Otávio Bustamante, CEO da Juntos Energia.

Um investimento que possui durabilidade e retorno, já que, em média, a vida útil das placas é de 25 anos e a manutenção é simples e barata. Como dito anteriormente, o custo de um sistema de energia solar depende do tamanho e da complexidade da instalação. Mas o valor gasto com a instalação dos equipamentos são pagos com a própria economia que a empresa faz ao substituir a fonte de energia.

Juntos Energia Compartilhada

A Juntos tem como fundadores José Otávio Bustamante, Rodrigo Protázio e Vitor de Mesquita. O projeto nasceu a partir de um trabalho acadêmico de um curso criado pelas universidades de Harvard e MIT. Ao final do curso, 400 protótipos foram submetidos, e o modelo de painel solar híbrido criado por José Otávio acabou entre os 20 selecionados para aprofundar a prototipação ao Prototype Camp do MIT.

energia limpa

Foi através da troca com outros especialistas em geração de energia que o empreendedor decidiu criar um projeto baseado no modelo de negócio atual da empresa, focando no serviço de compartilhamento de energia. O projeto venceu uma série de premiações e recebeu aceleração, mentoria e investimentos. Em 2021, foi incorporado pelo fundo de private equity americano Alothon Group e Elétron Energy, uma das maiores comercializadoras e geradoras de energia elétrica e de gás natural do Brasil.

Edição, Don Oleari

https://twitter.com/donoleari

Rubens Pontes | Santa Teresa: cidade das orquídeas, dos beija-flores e da vinicultura | Ode ao Vinho, de Pablo NerudaRevista MICE Curitiba coloca capital paranaense como 3a. protagonista do turismo de negócios

COMPARTILHE:

Picture of Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados

A Bicharada do Don Oleari.