Quem somos[email protected]

Search

Stock Car retorna a Goiânia neste fim de semana de olho no meio ambiente | 25/8

Goiânia

Goiânia

Óleo lubrificante usado pelos carros será coletado pela Lwart Soluções Ambientais e passará pelo processo de rerrefino, voltando para o mercado em forma de óleo básico de alta performance.

A etapa de Goiânia (GO) da Stock Carr neste sábado, dia 27, no Autódromo Internacional Ayrton Senna que marca a sétima etapa do maior evento do automobilismo brasileiro, contará novamente com a coleta de óleo lubrificante usado pelos carros de todas as equipes.

A Lwart Soluções Ambientais é a responsável pela coleta e destinação correta do resíduo nesta e em todas as etapas da competição. O resíduo gerado na temporada 2023 passará pelo processo de rerrefino, voltando para o mercado em forma de óleo básico de alta performance. A iniciativa, dada a abrangência e, acima de tudo, o compromisso com a sustentabilidade, posiciona a categoria como um case de economia circular.

O óleo lubrificante usado ou contaminado, conhecido como OLUC, é um resíduo perigoso presente em motores de automóveis e indústrias que deve ser separado e gerenciado de forma adequada. A legislação brasileira* determina que todo OLUC deve ser coletado e destinado para a reciclagem, por meio do rerrefino, e proíbe taxativamente o uso do resíduo como combustível, destinação para queima ou para quaisquer outros fins.

Para se ter uma ideia, segundo a AMBIOLUC, entidade que representa o setor, um único litro de óleo lubrificante usado é capaz de contaminar 1 milhão de litros de água. Além disso, para cada 10 litros queimados são gerados 20 gramas de metais pesados, segundo dados da Cetesb.

“É muito gratificante termos a dimensão do quanto nossa atuação na Stock Car 2023 reforça o compromisso da modalidade na causa da economia circular. O trabalho feito nas diferentes etapas pelo Brasil, é essencial para trazer conscientização sobre a coleta responsável e segura do óleo lubrificante usado e sua destinação correta, uma união vencedora entre o esporte e a sustentabilidade.”, afirma Rodrigo Maia, Diretor de Coleta e Logística da Lwart Soluções Ambientais.

O caminho do OLUC na Stock Car

Para a coleta do óleo gerado pelos carros dos participantes, tanto nos treinos quanto nas provas, serão instalados tambores próximos aos boxes das equipes.

 lwart-logo-1-1-1.jpg 25 de agosto de 2023 3 KBAo final do evento, esse resíduo coletado é devidamente armazenado e transportado por um caminhão específico até a matriz da Lwart em Lençóis Paulista/SP, uma das plantas mais modernas do mundo para rerrefino de óleo lubrificante usado. Por conta da iniciativa, a Stock Car receberá o Certificado de Coleta de Óleo e o Certificado de Destinação Final, documentos que atestam a conformidade com as normas ambientais.

O que acontece com o OLUC depois de ser coletado  

Após sua coleta, o óleo lubrificante usado passa pelo processo chamado de rerrefino, para voltar a ser óleo básico, matéria prima para produção de lubrificantes. O conjunto tecnológico de ponta da Lwart permite o aproveitamento de praticamente 100% do OLUC que entra no processo industrial e a transformação desse resíduo em óleo básico de alta performance, com qualidade igual ou superior ao produto de primeiro refino.

O óleo básico, por sua vez, é destinado aos principais produtores, que o aditivam e o transformam novamente em lubrificante. O óleo então volta ao mercado em forma de produtos industriais, agrícolas, automotivos e elétricos, criando um ciclo sustentável e infinito.

*Resolução Conama n. 362/2005 recepcionada pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei n. 12.305/2010) e regulamento (Decreto Federal n. 7.404/2010)

Resoluções da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) n. 19 e 20, ambas de 2009 e Lei do Petróleo (Lei n. 9.478/1997).

Lwart Soluções Ambientais

Empresa 100% brasileira, a Lwart Soluções Ambientais tem em seu DNA a transformação de resíduos. Há quase 50 anos atua na coleta e transformação do óleo lubrificante usado e contaminado e é líder nacional e referência mundial na produção de óleo básico de alta performance, a partir desse resíduo potencialmente prejudicial ao meio ambiente.

Como indústria do RE (Reciclar, Reutilizar, Recuperar, Rerrefinar), transforma diversos tipos de resíduos sólidos comerciais e industriais, reinserindo-os na cadeia produtiva de maneira sustentável. A Lwart Soluções Ambientais possui duas plantas, sendo uma para produção de óleo básico de alta performance, localizada em Lençóis Paulista (SP), e outra especializada em resíduos sólidos, localizada em Piracicaba (SP), bem como 18 centros de coleta espalhados pelo Brasil, que atendem cerca de 70 mil clientes todos os anos. Mais informações em www.lwart.com.br

Goiânia

Edição, Don Oleari – [email protected]

https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Com Felipe Rariz

Literatura | Renata Dembogurski: Oportunidade de viver a literatura fora das telas | 24/8

Incontinência urinária afeta 72% das mulheres

Há dois anos no franchising, rede de departamentos pretende faturar R$200 milhões em 2023

Dudu e Rubinho Barrichello, da equipe Mobil™ Full Time Sports, se preparam para sétima etapa da temporada 2023 em Goiânia

Betfair estreia campanha “RonaldoVerso” mostrando o craque em outras profissões | 22/8

 

Tags

COMPARTILHE:

Picture of Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados

A Bicharada do Don Oleari.