Quem somos[email protected]

Search

O que os grandes festivais de música do Brasil têm para nos ensinar sobre estratégias de marketing? | 31/10

grandes festivais

grandes festivais

O festival The Town marcou o mês de setembro e a indústria dos festivais de música com a sua estreia em São Paulo, já se estabelecendo como um dos maiores eventos da categoria no Brasil.

a-da-coluna-midia-ao-molho.jpg1 de novembro de 2023 17 KB
coluna mídia ao molho

 

COLUNA MÍDIA AO MOLHO

Redação: DOPN com Aira Annoroso

E esses grandes festivais, incluindo também GP Week, Primavera Sound Festival, que estão previstos para os próximos meses, têm ganhado espaço como uma importante vitrine para as marcas que souberem como explorar bem esse formato.

Um dos grandes motivos para o sucesso dessas atrações é justamente o conjunto de estratégias de marketing pensado pela organização e marcas patrocinadoras, baseadas na coleta de dados e brand experience.

Silvana Torres (foto de capa), presidente e fundadora da Mark Up, referência em live marketing no País, explica que a estrutura desse plano de ação é eficiente por ajudar as empresas a conhecerem o seu público, abrindo a possibilidade de construção de soluções personalizadas.

“São espaços que saem do patamar musical e se transformam nas experiências mais aguardadas do ano, com uma procura gigantesca. Portanto, se a identidade de cada fã for trabalhada por meio do Data Driven, é possível fidelizar clientes, criar promoções para futuras vendas a partir das ativações, entre muitos outros resultados”.

Estratégias de marketing

Hoje, 70% das marcas brasileiras reconhecem a importância do uso de dados nas suas estratégias de marketing, como aponta uma pesquisa da TOTVS e H2R Pesquisas Avançadas. O estudo ainda mostra que 98% delas já coletam informações a respeito dos consumidores e 73% utilizam esses insumos para melhorarem a sua compreensão sobre a jornada de compra dessas pessoas.

Quais ações destacar?

 a-do-festival-the-town.jpg 1 de novembro de 2023 49 KBUma das ações de marketing de maior destaque no The Town – hoje inscrito no plano dos grandes festivais – por exemplo, foi a do iFood com o McDonald’s. A rede de fast food lançou um lanche exclusivo para o festival, o McMelt The Town, que foi distribuído durante os shows aos fãs que estavam na frente do palco, gerando engajamento em tempo real e ressaltando o serviço da empresa de delivery.

Outras ativações marcantes na atração foram realizadas pela Porto Seguro. A empresa levou aos participantes experiências em montanhas-russas e lounges com karaokê, além de ter estruturado a operação dos ambulatórios, o que ofereceu tanto atividades de descompressão como também criou a conexão com o propósito da marca, de cuidar das pessoas em grandes festivais como The Town.

Para Torres, esses são exemplos de como o público é o grande responsável por fazer uma estratégia dar certo.

“De um lado, houve uma compreensão de que alguns fãs ficam ‘colados’ na grade por horas para assistirem o seu artista favorito; do outro, a equipe de marketing entendeu que as pessoas querem se divertir, mas precisam ser cuidadas, com um lugar para descansar, por exemplo. Ou seja, são ações segmentadas para grupos específicos de consumidores, que geram tanto um engajamento quanto feedbacks de forma rápida; assim, as marcas podem continuar melhorando as suas soluções para os próximos festivais”, afirma.

Mark Up e coleta de dados

Na Mark Up, o trabalho com a inteligência de dados norteia todas as entregas da empresa. Os próprios eventos realizados pela companhia são exemplos disso. Ao Afinal de cada um deles, é montado um iForum, solução estratégica pensada de maneira personalizada para cada cliente.

O fórum de inteligência é uma das marcas registradas da empresa, aplicado ao dia a dia de clientes como Electrolux, Colgate, Nivea, Safra Financeira, J&J e HBO, que já se beneficiaram com o diagnóstico profundo dos seus resultados, colocando em prática estratégias de melhorias altamente efetivas.

Vale ressaltar que toda essa coleta de informações é realizada com autorização dos participantes e de acordo com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais). Os clientes também devem garantir a transparência e oferecer opções claras sobre o consentimento de dados do público, assegurando um trabalho responsável e positivo para todas as partes envolvidas.

Afinal, qual a melhor estratégia?

Com um impacto significativo na economia do país, não há dúvida de que os festivais viraram vitrine e já cativaram espaço no coração da audiência. Mais do que música, experiências ricas, imersivas e que coloquem o público como protagonistas a partir de um deep dive de conhecimento, aliado às tendências são os ingredientes certos para garantir o sucesso do formato para as marcas e para o consumidor final.

Mark Up

 a-logo-da-markup.jpg 1 de novembro de 2023 7 KBA Mark Up é uma das principais referências em live marketing no Brasil. A companhia utiliza metodologia proprietária, denominada Construtoria Estratégica, que alia estratégias data driven de uma consultoria a execuções assertivas e criativas de uma agência.

Com um ecossistema de negócios multidisciplinar, a empresa tem como foco criar experiências que trazem resultados efetivos para as marcas, oferecendo serviços que vão desde o marketing de incentivo e ativação de marca, até eventos e pesquisas tailor made. Há quase três décadas no mercado, a Mark Up já foi eleita agência do ano em 2020 e 2023 no Prêmio Live da Promoview, além de Great Place to Work por seis vezes e vencedora do Prêmio Caio e Ampro Globes.

grandes festivais

Edição, Don Oleari – [email protected]

https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Com Aira Annoroso

Trem da Alegria do Jorge Boca no Crea-ES | 2021: 74 servidores, menos 22 do PDV = 52 | Janeiro de 2022: 145 servidores entre efetivos e os da Farra dos Comissionados

Saci-pererê: hoje, 31 de outubro, é o dia dele

Câncer de próstata: não espere pelos sintomas, faça a dedada preventiva | 31/10

Feira de Pinheiros | Feira do agronegócio de Pinheiros realiza volume maior de negócios quase 5 vezes além do previsto, chegando a R$ 145 milhões em transações

Espírito Santo está no plano de R$ 2,9 bilhões da Sudene para investimentos através de incentivos fiscais

 

Tags

COMPARTILHE:

Picture of Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados

A Bicharada do Don Oleari.