Quem somos[email protected]

Search

Brasil: Terras Roubadas e a Farsa das Compensações | Ailton Krenak, herdeiro dos donos das terras invadidas, chega à “Cadimia de Letra”

Terras Roubadas

Terras Roubadas

Depois de 500 anos , os donos das terras invadidas recebendo as supostas compensações por terem sido massacrados. Brasillllll…zilllll….zilllll…

ARTIGO |

don-oleari-novo-don-corleone-1-202x300-1.jpeg
Don Oleari

Don Oleari

Cinco séculos de injustiça ecoam em um Brasil dilacerado. Os fantasmas do passado colonial assombram o presente, enquanto os donos das terras violentamente usurpadas, seus descendentes, ainda aguardam as migalhas de uma indenização ilusória.

Um espetáculo grotesco se desenrola diante de nossos olhos. Os herdeiros da pilhagem, os senhores de engenho de outrora, vestem ternos e gravatas, ostentando uma falsa civilidade. Com sorrisos cínicos e palavras vazias, prometem reparação pelos crimes cometidos por seus antepassados.

Mas que reparação pode haver para o sangue derramado? Que valor pode ser atribuído à terra roubada, à cultura dizimada, à vida e à liberdade brutalmente subtraídas? As moedas ofertadas são como moedas de Judas, manchadas com o sangue dos que foram massacrados.

Brasil, terra de contrastes gritantes! De um lado, a opulência dos senhores feudais, herdeiros da rapina e da violência. Do outro, o povo indígena, espoliado e marginalizado, condenado a viver em reservas minúsculas, sob a sombra da pobreza e da discriminação.

Quantas promessas vazias ecoaram ao longo dos séculos? Quantas comissões foram criadas, apenas para gerar relatórios empoeirados nas estantes dos poderosos? A farsa das compensações se arrasta, enquanto a dívida histórica com os povos originários permanece impaga.

Basta de farsas! Basta de ilusões! É hora de romper com o ciclo vicioso da colonização e construir um Brasil verdadeiramente justo e plural. Um Brasil onde a terra seja devolvida aos seus legítimos donos, onde a dignidade e o respeito sejam valores inegociáveis.

O tempo da justiça chegou! É hora de reconhecer o legado de sangue e opressão que marca a história do país. É hora de dar voz aos silenciados, de devolver o que foi roubado, de construir um futuro onde a memória dos massacres não seja apagada.

Brasil, o gigante adormecido, desperta! É hora de erguer a voz e exigir reparação histórica. É hora de construir um país onde a justiça não seja apenas uma palavra vazia, mas sim uma realidade palpável para todos.

Cinco séculos de espera são suficientes! O Brasil precisa de um novo capítulo em sua história, um capítulo escrito com tinta da verdade, da justiça e da reparação.

Unidos, podemos construir um Brasil diferente! Um Brasil onde a memória seja preservada, a dignidade seja restaurada e a terra finalmente pertença a seus verdadeiros donos.

Edição, Don Oleari – [email protected] | https://twitter.com/donoleari

http://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Ziraldo | Perdemos dimontão: ele vai, mas sobrevivem Menino Maluquinho e sua obra

Mauricio de Sousa lamenta a morte de Ziraldo

Baixo Guandu, 89 anos! Primeira noite da Festa de Baixo Guandu/ES foi beeeleeeezaaaaaaa!

Caráter | HDA = Hipocrisia e Desfaçatez em Ascensão | A decadência do Caráter

Juntos, podemos fazer a história!

#BastaDeFarsa #DevolvamATerra #JustiçaParaOsPovosIndígenas

Picture of Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados

A Bicharada do Don Oleari.