Quem somos[email protected]

Search

Alencar Garcia de Freitas | Agosto, mês do desgosto! 16/8

Agosto

Agosto

A manhã de 24 de agosto de 1954 confirmou o achincalhe dos agoureiros que costumam dizer que agosto é o mês do desgosto. Certamente que o dia amanheceu como outro qualquer no Palácio do Catete, então sede do governo federal, depois de mais uma noite bastante tumultuada, com o presidente sob fogo serrado dos partidos de oposição, sob o comando da União Democrática Nacional (UDN) e seu porta voz, jornalista Carlos Lacerda.

De repente um estampido de tiro ecoa das dependências palacianas e um coro de vozes de lamento dizia: Getúlio matou-se com um tiro no peito.

Horas depois os jornais impressos circulavam em edições extraordinárias respingando sangue para todos os lados; as emissoras de rádio tocavam músicas fúnebres e os noticiaristas com voz melancólica ditavam: o presidente da República do Brasil acaba de se matar com um tiro do peito!

440-1.jpg 15 de agosto de 2023 55 KB
Brasil; São Borja; RS. 24/08/1954. O então ministro Oswaldo Aranha (centro), comovido, discursa no enterro de Getúlio Vargas cercado por familiares do presidente e políticos, entre eles, João Goulart e Tancredo Neves (cachecol listrado). – Crédito:ARQUIVO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/Codigo imagem:15228

E os trabalhadores, sob o comando do PTB, tido como do presidente e dos trabalhadores (esse partido era naquele tempo o que o PT é hoje para Lula), chorando a morte do seu suposto “pai”.

Entre as fotos que mais apareciam nos jornais figurava na maioria das vezes uma em que ele, bem barrigudinho, ostentava o seu tradicional charuto, noutras ele aparecia tomando o seu chimarrão…

Eu, ainda adolescente, trabalhando como boy em uma agência bancária, em Aimorés, conversando com um colega, que era getulista doente, indaguei dele: o que vai ser do Brasil daqui para frente? Sua resposta foi: Vai continuar sendo Brasil!

Os anos foram passando, vinham presidentes e mais presidentes que foram morrendo uma atrás do outro e o Brasil continua sendo o nosso querido Brasil de sempre.

Deve acontecer o mesmo quando Lula morrer. A propósito, informado que um adversário dele teria dito que o seu maior desejo era matá-lo com um tiro no peito, sua reação teria sido dizer que não estaria nada preocupado por entender que ninguém morre de véspera!

É provável que Lula diga isso por confiae cegamente na sua segurança pessoal!

Alencar Garcia de Freitas é jornalista aposentado

Agosto

Edição, Don Oleari – [email protected]

https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Sesc Wine Music: vinhos, gastronomia, cerveja artesanal e boa música no Sesc Domingos Martins | 14/8

Educadores de mais de 21 Estados farão especialização em liderança educacional na Irlanda

Perfil | José Izael dos Santos comemora o sucesso da sua franquia de crédito rural em Conceição do Castelo/ES | 14/8

 

Picture of Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados

A Bicharada do Don Oleari.