Quem somos[email protected]

Search

Desastres no RS | Um Levantamento desde 29/4. Veja também os desastres de tempestades do último ano

Desastres no RS
Desastres no RS

Desastres no RS: Um Levantamento Detalhado. Outros desastres do último ano

Don Oleari Pesquisa

A Inundação de Maio de 2024                   

  • Início dos desastres no RS
    RS –  29 de abril de 2024
  • Região: Sul do Brasil, com foco no Rio Grande do Sul
  • Causas
    • Chuvas fortes e persistentes: Um sistema de baixa pressão estacionário sobre a região despejou volumes excepcionais de chuva, ultrapassando recordes históricos em diversos municípios.
    • Infraestrutura precária: A combinação de drenagem ineficiente, ocupação irregular de áreas de risco e rios assoreados intensificou os impactos das inundações.
  • Consequências   rgs-2.jpg 8 de maio de 2024 28 KB 
    • Mortes: Até o dia 7 de maio, 75 mortes foram confirmadas, com 103 pessoas ainda desaparecidas. O número final de vítimas ainda está sendo apurado.
    • Desabrigados: Estima-se que mais de 200.000 pessoas perderam suas casas e estão em abrigos temporários ou com familiares.
    • Danos materiais: Prejuízos ainda não foram totalmente calculados, mas já se configuram como bilionários, afetando casas, pontes, estradas, lavouras e comércio.
    • Impactos sociais e psicológicos: A tragédia causou grande sofrimento à população, com perdas de vidas, lares e bens, além de traumas psicológicos que demandarão acompanhamento especializado.

Os desastres no Rio Grande do Sul, Último Ano

  • Ciclone Extratropical Beatriz (Setembro de 2023)
    • 51 mortes e R$ 3 bilhões em prejuízos.
    • Outras ocorrências:
      • Entre 2013 e 2023, 94% dos municípios gaúchos registraram pelo menos um decreto de situação de anormalidade devido a desastres naturais.
      • Somente entre 29 de abril e 5 de maio de 2024, as chuvas já haviam causado R$ 559,8 milhões em prejuízos no estado.

Fatores que Agravam Tragédia rgs-3.jpg 8 de maio de 2024 41 KB

  • Mudanças climáticas: A intensificação de eventos climáticos extremos, como chuvas fortes e inundações, é um dos principais impactos das mudanças climáticas no Brasil.
  • Desenvolvimento urbano desordenado: A ocupação irregular de áreas de risco, como encostas e margens de rios, aumenta a vulnerabilidade da população a desastres naturais.
  • Falta de infraestrutura adequada: A deficiência em sistemas de drenagem, pontes e estradas contribui para os danos causados por inundações e outros eventos climáticos.

Lições e Ações 

  • Investimentos em infraestrutura resiliente: Drenagem adequada, contenção de encostas, pontes seguras e outras medidas são essenciais para reduzir os impactos de desastres naturais.
  • Planejamento urbano e ordenamento territorial: Impedir a ocupação de áreas de risco e promover o desenvolvimento urbano sustentável são medidas cruciais para a prevenção de desastres.
  • Alerta e resposta a desastres: Aprimorar os sistemas de alerta e resposta a desastres, incluindo a comunicação eficaz com a população, é fundamental para minimizar perdas de vidas e danos materiais.
  • Ações para mitigação das mudanças climáticas: Combater as mudanças climáticas através da redução da emissão de gases de efeito estufa é essencial para prevenir a intensificação de eventos climáticos extremos.

Edição, Don Oleari – [email protected]

https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouolearehttps://twitter.com/donoleari

Resumo
Tragédia no RGS
  • Danos materiais: Prejuízos ainda não foram totalmente calculados, mas já se configuram como bilionários, afetando casas, pontes, estradas, lavouras e comércio.
  • Impactos sociais e psicológicos: A tragédia causou grande sofrimento à população, com perdas de vidas, lares e bens, além de traumas psicológicos que demandarão acompanhamento especializado.
  • Falta de infraestrutura adequada: A deficiência em sistemas de drenagem, pontes e estradas contribui para os danos causados por inundações e outros eventos climáticos.

COMPARTILHE:

Picture of Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados

A Bicharada do Don Oleari.