Quem somos[email protected]

Search

CPI da Qualidade do Ar | André Moreira avalia resultados e recebe apoio da Associação de Moradores da Praia do Canto e dos outros 8 bairros da Região 5

Qualidade do Ar

Qualidade do Ar

Damian Sadowski, presidente da Associação dos Moradores da Praia do Canto, continua descrente nas ações para reduzir os efeitos poluidores e diz: “O Pó Preto tá aumentando”. Líderes dos outros 8 bairros da Região Cinco concordam. Vice-presidente da CPI da Qualidade do ar, André Moreira fala em mais resultados positivos do que negativos.

Coluna

AQUI PRAIA DO CANTO | Vitória/ES

don-oleari-novo-don-corleone-1-202x300-1-e1698414608507.jpeg 8 de novembro de 2022 8 KB
don oleari

Don Oleari

Há menos de um mês para o fim dos trabalhos da CPI da Qualidade do Ar na Câmara de Vitória, a avaliação do vereador André Moreira, vice-presidente da Comissão, é de que há mais resultados positivos do que negativos.

“Nem todos os objetivos traçados foram alcançados até este momento, é verdade, mas há avanços significativos registrados, marcos importantes definidos. É um sinal para que esse trabalho seja prorrogado, porque estamos no caminho certo”, avaliou Moreira.

A previsão é de que a CPI, instaurada em 4 de março, chegue ao seu término no início de julho, caso não seja prorrogada por mais noventa dias, como prevê o regimento.

Avanços

André Moreira lembra que a CPI conseguiu ouvir autoridades com papéis importantes dentro da questão ambiental.

“O primeiro registro positivo que faço foi o depoimento do ambientalista Eraylton Moreschi, da Juntos SOS ES Ambiental, entidade que há décadas realiza trabalhos  de combate à poluição atmosférica em Vitória, e que nos forneceu caminhos importantes ao apontar, de forma inequívoca, a partir de dados técnicos, que antes do início das medidas mitigadoras em 2018, implantadas via Termos de Compromisso Ambiental, a qualidade do ar na cidade era melhor do que hoje, após todo esse alegado investimento. Fica claro, portanto, que temos um problema aqui e esse depoimento da Juntos SOS nos auxilia muito”.

A CPI ouviu ainda o então presidente do Instituto Estadual de Meio Ambiente (IEMA), Alaimar Fiúza, além de técnicos daquela instituição. André considera esses depoimentos extremamente importantes para a CPI.

O vereador questionou o presidente sobre a relação dele com a Vale, da qual foi funcionário por 34 anos. E lembrou que, menos de seis depois assumiu a presidência do órgão (IEMA) que fez o licenciamento das condicionantes. Questionado sobre se haveria algum conflito de interesses nessa relação, o presidente negou.

Para  Moreira, esse conflito é evidente:

“Ainda na Vale Alaimar Fiúza participou de todo o processo que levou às condicionantes ambientais dos TCA 35 e 36 e logo depois passou à presidência do órgão com a função de fiscalizar o cumprimento dessas condicionantes, o que causa estranheza”.

No dia 2 de maio, pouco mais de 15 dias depois do depoimento à CPI, Alaimar foi exonerado da função de presidente do IEMA.

“O Sr. Takahiko Hashimoto Jr, que acompanhou o ex-presidente do IEMA, gerente de licenciamento do IEMA, afirmou que existem soluções técnicas possíveis para a poluição atmosférica das empresas da Ponta de Tubarão, que vão além das Windfence e outros meios que estão sendo utilizados hoje, indicando que existem outras tecnologias que podem ser pensadas para a solução do pó preto em Vitória, e essa fala é considerada uma das mais importantes desta CPI”, explicou André Moreira.

Na próxima semana a CPI fará uma visita de inspeção na Vale e Arcelor Mittal, respectivamente nos dias 17 e 18 de junho, como parte dos trabalhos necessários para análise das condições atmosféricas nas empresas emissoras de pó preto.

O que precisa avançar

Na contabilidade negativa da CPI, o vereador cobra mais celeridade nas respostas e encaminhamentos propostos nos requerimentos de informação dos membros da Comissão.

André, por exemplo, contabiliza mais de 20 perguntas encaminhadas sem manifestações oficiais da CPI.

“Nossos requerimentos vão desde a solicitação de assessoria técnica a indicações de dezenas de pessoas para serem ouvidas na Comissão, entre elas médicos de diversas especialidades, representantes dos ministérios públicos estadual e federal, da OAB e, especialmente, das empresas Vale e Arcelor Mittal e o secretário estadual do Meio Ambiente, Felipe Rigoni”.

“Precisamos que a CPI seja prorrogada para que possamos ouvir esses representantes da sociedade e produzir, assim, um relatório final robusto, representativo de toda a parte da cidade que sofre com a poluição atmosférica do pó preto”, finalizou André Moreira.

Apoio

O vereador André Moreira tem rodado a cidade fazendo apresentações sobre a CPI e a Lei da Qualidade do Ar, de sua autoria, que está suspensa por uma liminar concedida à Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes).

No dia 26, será a vez do bairro Jardim Camburi debater o tema dentro da programação do projeto Câmara Itinerante. O evento será realizado na Praça Mário Elias da Silva, às 19 horas, em Jardim Camburi.

Apoio da Associação de Moradores da Praia do Canto e da Região Cinco

assoc-p-do-canto-trio-300x229-1.jpg 14 de junho de 2024 25 KBO vereador André Moreira recebeu do do presidente da Associação de Moradores da Praia do Canto, Damian Sadowsky, um documento assinado por líderes comunitários dos bairros de toda a Região Cinco.

Damian Sadowski e demais líderes comunitários da Região Cinco se manifestaram a favor da existência e da continuidade da CPI da Qualidade do Ar.

Esses bairros são Praia do Canto, Ilha do Boi, Praia do Suá, Enseada do Suá, Santa Lúcia, Praia de Santa Helena e Ilha do Frade.

Sadowski é um crítico severo das empresas do polo de Tubarão e se revela descrente das ações anunciadas pelas mega companhias para eliminar o “Pó Preto”.

Ele relata queixas diárias de moradores da Praia do Canto e de todos os 9 bairros da Região Cinco sobre “o aumento do pó”, na contramão do que afirmam tais empresas. Uma moradora do Barro Vermelho relata que só abre o apartameto uma vez por semana e que nem assim está imune à “desagradável presença do pó”.

Damian mantém a posição anunciada em seu discurso de posse, ao afirmar que o principal compromisso do seu mandato seria pressionar para que as companhias do polo de Tubarão produzam resultados palpáveis, visíveis, em lugar de medidas paliativas e visitas muito agradáveis, mas nada efetivas.

Medição de pó preto na Ilha do Boi, da Região Cinco, em Vitória/ES

Mês Medição
Novembro 2022 1,56 gr/m²
Dezembro 2022 2,43 gr/m²
Janeiro de 2023 7,28 gr/m²

Foto de capa: vereador andré moreira com comissão de segurança de Jardim Camburi, Vitóra/ES. Dia 26 haverá uma reunião em Jardim Camburi para discutir os trabalhos da CPI.

Qualidade do Ar

Edição, Don Oleari – [email protected]

https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouolearehttps://twitter.com/donoleari

Com José Roberto Santana, da Assessoria do vereador André Moreira

Jogadora capixaba vai jogar a Copa América Sub-18 pela seleção brasileira

Fla deslancha com reservas; Vasco perde… de novo | Dorival procura um time

Copa Goiabeiras: a Grande final da 1° Edicão +DE40 reúne estrelas nacionais neste sábado

Cesan e canal Manual do Mundo do Youtube lançam campanha publicitária criada pela agência Ampla

Festa da uva em São Judas, São Rafael | Idosos do Cras na Floresta de Goytacazes | Fumacê vai a 15 bairros de Linhares

Picture of Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados

A Bicharada do Don Oleari.