Quem somos[email protected]

Search

Cardiologista destaca benefícios do exercício físico para o corpo e para a saúde mental | 5/8

cardiologista

Cardiologista

Pesquisa da Escola de Enfermagem da USP revela que a falta de uma companhia desestimula a prática de exercícios físicos.             Atividade física é um medicamento natural. Neste Dia Nacional da Saúde, especialistas ressaltam que exercícios físicos ajudam na vida saudável e a prevenir doenças.

Cerca de 52% dos brasileiros não praticam atividade física regularmente. Entre as mulheres, 45% não realizaram nenhum exercício físico em 2023, enquanto entre os homens foram 32% que não fizeram exercícios.

Os dados são do Serviço Social da Indústria (Sesi) e foram coletados em março para a Pesquisa Saúde e Trabalho, divulgada no final de junho. De acordo com o levantamento, 22% dos brasileiros se exercitam diariamente, 13% pelo menos três vezes por semana, 8% ao menos duas vezes por semana e 5% uma vez por semana. Estes avaliam o estado de saúde individual como muito bom ou regular.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a atividade física regular é a prática feita em intensidade no mínimo moderada, por 150 minutos semanais divididos em três a quatro dias da semana e que causam modificações na fisiologia do corpo humano. Entre elas, sudorese, aumento dos batimentos cardíacos e da frequência respiratória.

Para adolescentes, a recomendação é de 60 minutos diários de atividade física moderada a vigorosa. O Dia Nacional da Saúde é celebrado neste sábado, 5 de agosto, para conscientizar sobre a importância de se ter um estilo de vida mais saudável.

Cardiologista

O cardiologista José Luiz da Silva Júnior, que atende no centro clínico do Órion Complex, destaca as vantagens proporcionadas pelos exercícios.

“Os mais comumente conhecidos são os benefícios da saúde cardiovascular, a atividade física diminui o nosso risco de infarto, de AVC e de outras doenças cardiovasculares, mas os benefícios não param aí. Existem alguns estudos relacionando a atividade física frequente com a prevenção do desenvolvimento de câncer. Além disso, o exercício físico nos ajuda na saúde dos ossos, na prevenção e tratamento da osteoporose, pode nos auxiliar também no tratamento e prevenção de doenças crônicas como diabetes mellitus, a hipertensão arterial, ajuda a evitar o ganho de peso, sobrepeso e obesidade”, detalha.

O especialista também ressalta os benefícios para a saúde mental daqueles que estão em dia com os exercícios.

“Além dos benefícios para o corpo, é comprovado que pessoas que realizam atividade física com regularidade têm menor risco de desenvolver transtorno de humor, como depressão, e ela também é fundamental no tratamento também de doenças psiquiátricas. A atividade física está relacionada também a doenças como demência e traz prevenção nesse tipo de enfermidade, como o Alzheimer”, exemplifica o cardiologista.

Cardiologista-Jose-Luiz-Jr-2-1.jpg 5 de agosto de 2023 24 KB
Cardiologista Jose Luiz Jr

“Veja só que maravilha, a atividade física é um medicamento, se a gente for parar para pensar, que reduz o risco de mortalidade global, principalmente morte cardiovascular, e diminui o risco de desenvolver várias doenças, de vários órgãos do corpo, como câncer, como insônia, como depressão, como demência, diabetes, como colesterol alto, pressão alta e por aí vai e ainda é de graça”, resume José Luiz da Silva Júnior.

Ele ainda salienta a importância de uma alimentação saudável, rica em cereais integrais, verduras, legumes e frutas, com baixo consumo de gorduras saturadas e sal.

“É fundamental o baixíssimo consumo de produtos industrializados e processados. A gente deve, majoritariamente, consumir alimentos o mais in natura possível, quanto menos processado e modificado o alimento mais saudável ele é e maior deve ser a participação na nossa alimentação”.

Na prática

Academias que funcionam 24 horas, as que existem dentro dos condomínios e ao ar livre hoje fazem parte da realidade de metrópoles. Para o educador físico e gerente da Bluefit Academia unidade Shopping Estação Goiânia, Guilherme Santana, esse aumento da oferta de espaços para fazer atividade física estimula mais pessoas a incluirem o exercício físico em sua rotina.

“No nosso caso, que é ininterrupto, percebemos que o fluxo de alunos não para. Até de madrugada tem gente vindo malhar e isto é positivo para a saúde”, diz.

Guilherme explica que o ideal é fazer ao menos 30 minutos de atividade física diária como corrida, caminhada, futebol, natação e dança. Já a prática de exercícios físicos como ponte, agachamento, flexão de braço e abdominal, comuns na musculação, devem ser realizados de 2 a 3 vezes por semana, com duração mínima de meia hora.

“Para além de garantir a saúde do corpo como estímulos ao sistema imunológico, promovendo níveis adequados de açúcar no sangue e ajudando no fortalecimento dos ossos, os exercícios e atividades físicas, se praticados com frequência, também resultam em benefícios para a mente como sensação de bem-estar e auto-estima”, pontua o educador físico.

Guilherme ainda destaca que, assim como praticar simples hábitos como levar o cachorro para passear, andar de bicicleta e optar pela escada no lugar do elevador ou escada rolante, realizar exercícios na companhia de alguém pode ajudar a tornar a atividade mais prazerosa, diminuindo assim, o risco de desistência.

“Ninguém gosta de sair de casa para fazer algo sozinho, ainda mais se demandar esforço e dedicação. Nós (seres humanos) necessitamos de estímulo e companhia”, enfatiza. A fala de Guilherme encontra consonância com a Pesquisa da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP), da USP (Universidade de São Paulo), que mostra que assim como a falta de locais adequados e a distância e precariedade dos locais existentes, a falta de uma companhia desestimula a prática de exercícios físicos.

Cardiologista

Edição, Don Oleari – [email protected] – https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Com  Dayse Luan

Aurélio Alfieri: Neste Dia Nacional da Saúde (5/8), lembremos o poder da atividade física sobre a saúde mental

Arte no Parque apresenta Banda de Congo São Benedito e hip hop ao bairro Vila Nova, VV/ES |5/8

Rubens Pontes | Superando amargo agosto, Colatina e seus 102 anos de emancipação: dois poemas de Fernando Achiamé | 5/8

Maria Isabel Montañés: INPI indeferiu minha marca e quero contestá-la: O que fazer para garantir meu registro? | 4/8

PM prende mulher com 50 canetas eletrônicas e 30 tabletes de haxixe no bairro Cobilândia, VV/ES

 

COMPARTILHE:

Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados