Quem somos[email protected]

Search

Esquecido | São Paulo, um santo junino esquecido

Esquecido

Esquecido

Pensando, pensando, pensando!

ARTIGO |

manoel-goes-318405-article-1-235x300-1-1.jpg 6 de agosto de 2023 11 KB
manoel goes neto

Manoel Goes Neto

Reproduzido com autorização do autor.

Festas Juninas: Tradição e Celebração

Celebradas no Brasil desde, pelo menos, o século XVII, as festas juninas constituem a segunda maior comemoração realizada pelos brasileiros, ficando atrás apenas do Carnaval.

Origens e Influências

De acordo com historiadores, a festa tem origem no culto aos deuses pagãos, mas sofreu influências do catolicismo e hoje há forte associação com os santos católicos. Festejamos Santo Antônio no último dia 13, São João no dia 24, e São Pedro no próximo sábado, dia 29.

No Nordeste

Campina Grande: O Maior São João do Mundo

A festa junina de Campina Grande, na Paraíba, é uma das maiores celebrações populares do país, com queima de fogos, fogueira gigante, concurso de quadrilhas e diversas barracas típicas com jogos e comidas.

Este ano, teve início em 29 de maio e vai até 30 de junho. A programação oficial inclui alguns dos principais nomes do forró brasileiro, além de sertanejo, música popular brasileira, axé e pagode. A festa é gratuita.

Atualmente, há uma grande valorização das festas juninas na região Nordeste do país.

As festas de São João na região Nordeste costumam ter grande destaque, com muitos dias de evento e participação das principais atrações de diversos gêneros musicais, principalmente o forró e o sertanejo.

Em Outras Regiões

Outras regiões, como o Sudeste, também promovem festas populares nesse período, exaltando a musicalidade popular, comidas de milho e outras tradições culturais.

São Paulo ficou de fora

Durante o mês de junho, Santo Antônio – dia 13/6 –  São João – 24/6 – e São Pedro – 29/6 – são homenageados com fogueiras, fogos, festas e muita música.

No entanto, São Paulo, também celebrado no dia 29 de junho junto com São Pedro, acabou ficando de fora das festividades do período junino.

São Paulo: O Santo Esquecido

sao-paulo.jpg 23 de junho de 2024 23 KBO dia dos dois santos não é coincidência: eles foram condenados à morte na mesma data, segundo o catolicismo. Há décadas, era comum que duas fogueiras fossem acesas no mesmo dia para homenagear São Pedro e São Paulo.

Contudo, não se sabe ao certo por que São Paulo caiu no esquecimento.

Muitas pessoas desconhecem a importância de São Paulo, mas, segundo a Igreja Católica, ele teve grande contribuição para uma visão mais abrangente do cristianismo.

Enquanto outros apóstolos eram mais restritos aos judeus, Paulo abriu o pensamento para os pagãos.

Ainda segundo a Igreja Católica, a importância de Paulo é fundamental para o desenvolvimento da fé cristã. Paulo de Tarso, também chamado de Apóstolo Paulo, Saulo de Tarso e São Paulo, foi um dos mais influentes escritores do cristianismo primitivo.

Suas obras compõem parte significativa do Novo Testamento. Desde pequeno, foi educado conforme a doutrina dos fariseus e destacou-se como um implacável perseguidor das primeiras comunidades cristãs.

Sua conversão ocorreu de modo inesperado quando estava a caminho de Damasco, liderando uma perseguição contra os cristãos daquela cidade.

Jesus Ressuscitado apareceu-lhe e o derrubou do cavalo, transformando-o de cruel perseguidor dos cristãos em ardoroso apóstolo dos gentios.

São Paulo é o padroeiro da imprensa, dos autores, escritores e editoras, e também é conhecido como santo protetor de pessoas com surdez.

Por Manoel Goes Neto – Produtor cultural, escritor e diretor no IHGES

Esquecido

Edição, Don Oleari – [email protected]

https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouolearehttps://twitter.com/donoleari

Maior conferência do Brasil sobre sustentabilidade e ESG será realizada no Pavilhão de Carapina. 

Ciclistas percorrem 80 km de Vila Velha a Anchieta neste domingo

Retroescavadeira destruiu passarela no Parque Atlântico, em Jardim Camburi

Eliana entra na Globo pela porta da frente: será entrevistada pela repórter Renata Capucci no “Fantástico”

Vila Velha do futuro: “VV 500 Anos” e “VV Ágil” mudam e projetam história e gestão moderna para o município 

Tags

COMPARTILHE:

Picture of Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados

A Bicharada do Don Oleari.