Quem somos[email protected]

Search

Índice Firjan de Gestão Fiscal classifica Prefeitura de Vila Velha como 1ª colocada no Brasil e no ES nos indicadores Autonomia e Gastos com Pessoal

Índice Firjan
Índice Firjan

Enquanto mais de 40% dos municípios brasileiros apresentam situação fiscal difícil ou crítica, o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF) apontou que Vila Velha/ES como destaque no Brasil e no Espírito Santo, segundo os resultados apurados pelos dados da edição 2023.

O Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF) avalia as contas públicas municipais de acordo com quatro indicadores: Autonomia, Gastos com Pessoal, Liquidez e Investimentos.

Com base em dados oficiais e após a análise de 5.240 municípios do país, o Índice Firjan classificou a Prefeitura de Vila Velha/ES como a 1ª colocada no país e no ES pelos indicadores Autonomia e Gastos com Pessoal.

Devido ao excelente equilíbrio e desempenho financeiro administrativo, fiscal e contábil conquistados pela atual administração, a pesquis realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro demonstra o crescimento em relação aos investimentos no município. A série histórica registra 0,69 em 2020, subindo para 0,80 em 2022, já na atual gestão.

A leitura dos resultados desta pesquisa é simples. A pontuação de cada indicador varia entre 0 e 1 e, quanto mais próxima da nota 1, melhor a situação fiscal do município. Para estabelecer valores de referência que facilitassem a análise das contas municipais, o IFGF convencionou os seguintes conceitos e graus de avaliação: excelente, boa gestão, gestão em dificuldade e gestão crítica.

Conforme esta análise, a cidade obteve graus excelentes durante a atual gestão, permanecendo sempre acima da pontuação 0,8 em todos os indicadores avaliados.

Para o prefeito Arnaldinho Borgo, esse é mais um importante indicador que comprova a eficiência da fórmula aplicada na gestão do município: descentralização de recursos + investimentos + planejamento = entregas em todas as regiões de Vila Velha.

“A PMVV vem se destacando como um exemplo de eficiência e responsabilidade fiscal para o Espírito Santo e o Brasil. Trabalhando com planejamento, método e austeridade, garantimos os recursos necessários para investirmos em áreas essenciais como Saúde, Educação, Infraestrutura Urbana e Proteção Social, entre outras. Estamos possibilitando importantes avanços sociais e econômicos para toda a população canela verde. Temos muito orgulho em manter a melhor gestão municipal do Estado do ES desde 2021, com transparência e eficácia no controle e na aplicação dos recursos públicos. E o desempenho do nosso município no Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF 2023) é uma prova irrefutável da excelência do nosso trabalho”, salientou o prefeito Arnaldinho Borgo.

Liderança comprovada

O indicador Índice Firjan “Autonomia” verifica se as receitas oriundas das atividades econômicas do município suprem os custos para manter a estrutura administrativa da prefeitura e a Câmara de Vereadores.

Neste critério, Vila Velha conquistou pontuação máxima (nota 1), prestando serviços públicos de qualidade na saúde, educação e outros, reduzindo gastos com custeio, aumentando investimentos e corrigindo distorções salariais dos servidores.

O indicador “Gastos com Pessoal” representa quanto o município gasta com o pagamento dos servidores, em relação ao total de sua Receita Corrente Líquida.

Conforme a avaliação deste critério, Vila Velha também alcançou a pontuação máxima (nota 1). Isso porque o município compromete 37,75% de sua Receita Corrente Líquida com pessoal, sendo 35,62% com o Poder Executivo e 2,13%, com o Legislativo. Vale ressaltar que o limite máximo estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal é de 54% para gastos com pessoal do Executivo e de 6%, para o Legislativo.

Já o indicador “Liquidez” verifica se as prefeituras estão postergando pagamentos de despesas para o exercício seguinte, sem a devida cobertura de caixa. Neste critério, Vila Velha se destacou por cumprir rigorosamente em dia o pagamento de seus fornecedores, obtendo a nota 0,96.

Excelência em gestão

Vila Velha cresceu muito em relação a todos os indicadores do IFGF, saindo de uma “Gestão com Dificuldades” em 2018 e 2019 e evoluindo para o conceito de “Excelente” a partir de 2021. Este resultado foi alcançado em função das iniciativas adotadas desde o início da atual gestão, que proporcionaram um significativo aumento das receitas.

Vila Velha saiu de um orçamento de R$ 1,23 bilhão em 2020, para R$ 1,95 bilhão em 2023, demonstrando que, hoje, o município tem plena capacidade de financiar sua estrutura administrativa, de manter seu equilíbrio orçamentário, de cumprir suas obrigações financeiras e de promover investimentos.

Índice Firjan

Com Cláudio Figueiredo – Foto: Adessandro Reis – https://www.vilavelha.es.gov.br/

Na favela ou no engenho talento não escolhe leito | Cacá Diegues e Conceição Evaristo, opostos confluentes | 11/11

Workshop no CriDança Centro de Artes Integradas para 40 professores de escolas públicas municipais e estaduais será neste sábado | 10/11

Pepinos híbridos oferecem maior produtividade e tolerância a doenças mesmo em épocas de chuva | 8/11

Rivaldo parabeniza Flu pela conquista da Libertadores e analisa convocação da Seleção Brasileira | 10/11

Fechamento de mercado | por *Luiz Felipe Bazzo, CEO do transferbank | Ibovespa, dólar, inflação | 10/11

 

COMPARTILHE:

Picture of Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados

A Bicharada do Don Oleari.