Quem somos[email protected]

Search

Kleber Frizzera | Das outras coisas | 5/10

outras coisas

outras coisas

kleber-frizzera-foto-nova-assinatura-coluna-1-1-1-247x300-1-1-1.jpg 3 de julho de 2023
kleber frizzera

um novo espaço público

Das outras coisas
um novo espaço público
já fui coisa
escrita na lousa
hoje sem musa
apenas meu nome
escrito na blusa

(Paulo Leminski)

No mundo dos celulares e dos games, do trabalho e
aprendizado remoto, do infinito streaming das muitas
séries e filmes, das elaboradas reformas dos ambientes
domésticos, das entregas a domicilio, do gosto premium
de cozinhar e comer, produtores oferecem eventos, shows
e espetáculos musicais, oficiais e privados, buscam atrair
exclusivos ou multidões em busca de prazeres, emoções
e um gozo intenso e instantâneo.

Quando a solidão e a depressão ocupam as reduzidas
famílias e os apartamentos vazios, os afetos se estiolam,
os amores se divorciam a novas aventuras e as drogas,
farmacêuticas e/ou ilegais. não contém o sofrimento e a
dor, insuficientes à busca da felicidade, o ritmo dos
tambores e o volume do som se se superpõem às falas
dos desencantos e desamores.

2
Um novo espaço público, de multiplicadas satisfações e
gratificações, negocia as tardes vazias e ansiosas noites
das cidades, tenta, em opostas direções, virtual ou
material, fazer de cada minuto uma estimulada ação, de
cada toque, em mouse, joystick, uma vitória antecipada,
tenta fazer valer outras coisas, outros momentos e
epifanias.

Não há mais tempo e disposição para a contemplação,
mal se percebe o lento desfazer das ruínas do planeta,
empresas proclamam sustentabilidades e sonhos juvenis
imantam ambientes de saúde e bem-estar, premium
experiências, de corpos saudáveis e temporários amores.

A deslocada visão, no afã de atingir a vencedora
acumulação, de rendas imobiliárias e financeiras, é cego
às desigualdades que sugam os corpos miseráveis,
tornados imprestáveis, inúteis em seus temporários
subordinados empregos e ocupações.

Nada suporta se confrontar às dores que ocupam e se
derramam sem teto, nas calçadas e praças, olhos baços,
sem brilho, do entregador sentado no chão, enquanto
aguarda a inútil chamada e as crianças, sem futuros, se
afogam em mares latinos em desesperadas migrações
aos paraísos ocidentais.

Mas talvez seja só assim.

A vida estendida, uma máquina em contínua reparação,
precisa ser usada e gasta ao limite, desde a preparação
infantil para a competição à expansão da velhice e o
retardo da morte. Em cada fase da vida, as ofertas se
multiplicam, roupas e entretimentos, viagens e gostos
exóticos, em cada idade uma moda mais recente, uma
receita mais adequada, em cada tempo uma ordenada
proposta, recolhida ao jeito dos inúmeros influenciadores e
artistas.

A ganância como o único meio da sobrevivência, o
apagamento como objetivo de reduzir as proximidades e
os conflitos e de lado, as (in)suficientes ambições, se

espalham em ondas, quando no extenso mar, os navios
em perfis abrigam o horizonte da cidade portuária.

Mas seria só isto?

Se não for mais possível superar os limites fisiológicos,
ainda restam os anexos implantados, órgãos, memórias, a
ampliação dos limites sensoriais, das forças dos
músculos, da capacidade artificial do pensamento e da
inteligência. Nos armazéns online, o mercado não deixa
faltar nenhum objeto em moda ou escassear serviços
pessoais, capazes de alterar corpos gêneros e ultrapassar
angústias e fronteiras individuais, explorar, ao limite,
potencialidades e sociabilidades.

Próximos cyborgs, em sintonia com robots e explorados
sujeitos, híbridos organismos humanos serão costurados,
quebra cabeças, em colcha de retalhos, formando
semideuses, e no futuro, novos mitos e narrativas irão
contar aos jovens a saga da vingança de Adão e Eva aos
vingativos e rancorosos deuses e, finalmente, os homens
e mulheres retomarão as chaves do paraíso celeste e
derrubarão as muralhas de Jerusalém?

Kleber Frizzera
Agosto/ setembro/ 2023

outras coisas

Edição, Don Oleari – [email protected]

https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Kleber Galvêas: Foto da vaca do Galvêas da Praça do Ciclista, Praia de Itaparica, VV/ES, dá prêmio | 5/10

Dia das Pequenas e Médias Empresas: investir em bom atendimento, produtos e serviços, é uma boa prática | 5/10

Projetos culturais | Editais da Lei Paulo Gustavo em Vila Velha terão investimentos de R$ 3,7 milhões em | 4/10

Ação conscientiza e leva crianças da Escola Alvimar Silva para mutirão de limpeza e práticas ambientais em Camburi | 4/10

Aécio Matos analisa a suposta convocação da ex-senadora Rose de Freitas pelo presidente nacional do MDB, Baleia Rossi | 4/10

 

COMPARTILHE:

Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados