Search

Está criado e decretado o Ponto de Iniciação | Renato Fischer | 8/1

Ponto de Iniciação

Então…

renato-fischer-a-da-assinatura.jpg 16 de novembro de 2023 40 KB
renato fischer

 

Renato Fischer

O autor visto pelo chargista Janc

Tava aqui pensando no puxão de orelhas do Editor Chefão que me inquiriu com sobriedade e sisudez a respeito da falta de acentuação nos meus textículos, que encaminho para publicação.

Reclamava do trabalho que tinha pra consertar. Por isso, demorava a publicá-los e talvez pudessem sair na sexta. Não feira, mas na de lixo. Cesta! Tenderam?

a-do-teclado-americano.jpg
8 de janeiro de 2024
19 KBPus a culpa no meu teclado, comprado clandestinamente lá nos Estados Unidos, onde não se usa acentuar palavras. Os teclados de lá não vêm programados para tal e eu não fiz a recodificação. Ou formatação, como se diz aí na linguagem de TI.

Na verdade, a culpa mesmo está nos eruditos formatadores da língua portuguesa. A linguagem foi uma dádiva da natureza ao ser humano, com um fim específico e bem simplório: poder se comunicar. Daí se inventou as palavras, seus ligamentos, a forma de expressar ação.

Criou-se o verbo e o verbo se fez carne. Só passamos a existir, só tivemos carne, depois do verbo, ou seja, das palavras, da comunicação.

Mas os argutos arautos da sabedoria, notadamente da língua portuguesa, foram transformando a simples ferramenta comunicativa em CIÊNCIA. Coloquei em caixa alta porque aprender português é decifrar uma ciência enorme. E inexata. Como 2 + 2 que pode ser 4,5.

A criação dos acentos foi uma dessas estripulias. A princípio justificaram que era pra indicar onde está a sílaba tônica. Toda criança quando começa a aprender a falar já sabe que ao pronunciar “sílaba”, a sílaba tônica está no “si”.

Mas os preocupados linguistas dizem que tem que colocar um acento aberto em cima do pobre “i”. Não chega aquele famigerado pontinho que se tem que colocar sobre ele.  Assim como a criança também sabe que no “tônica” a sílaba tônica está no “to”.

Mas também não basta. Tem que se colocar um acento em cima do pobre “o”. Desta vez, não o aberto, mas o circunflexo. Aquele chapeuzinho de bruxa.

Tudo menos ruim se se obrigasse a colocar os tais acentos em todas as sílabas tônicas de todas as palavras. Como fizeram com as proparoxítonas. Mas veio o pior. Criaram várias regras para as demais. Passamos a ter sílabas tônicas acentuadas e não acentuadas. Estava criada a torre de Babel.

Ou a “zona total”, como acabou de acrescentar o Editor  Chefão do Don Oleari PN.

E pra quê acentuar palavras unissílabas? Não é uma sílaba só? Pra que indicar que ela é a tônica? Coisa de português! E se esmeraram.


humor-tiras-reforma_f_008-e1704754448835.jpg
8 de janeiro de 2024
31 KBCriaram várias regras pra acentuar as monossílabas. Algumas são acentuadas, outras não.

Haja tempo perdido e chip cerebral pra decorar todas. Ainda bem que não inventaram de meter um acento no cu. Cu não é acentuado, né? Ou é? Confesso que não consegui guardar todas as regras.

Aliás, sempre gostei de escrever e faço textos, textículos e texticulões compreensíveis. Também sei entender qualquer texto que leio.

Mas fiquei reprovado num teste de vestibular que minha filha fez há alguns anos para ingressar no IFES, o Instituto Federal de Educação. Que era Escola Técnica antigamente.

Cada governo que entra quer um nome pra chamar de seu.  Ela pleiteava uma vaga num curso ligado à engenharia. Mas 60% da prova era português. Porque a ciência da língua é grande pra caralho. Maior que um palavrão. Ou seja, falo e escrevo essa língua há tantos anos mas não a compreendo até hoje.

Como não pretendo uma cátedra pra ensinar Português, não me preocupa a minha ignorância.

Bom que seja assim. Se isso me preocupasse, estaria perdido, pois tenho plena ciência da minha incapacidade cognitiva para tal. Ficaria até deprimido com isso. Poderia até suicidar. E levaria outro puxão de orelha do Editor Chefão por ter suicidado errado.

Até o corretor tá me mandando escrever diferente. Diria que eu deveria ter “me suicidado”. Mas peraí, poderoso Editor Chefão! Suicidar não é se matar? “Se suicidar” viraria “se matar se”.

Calma aí! Não pretendo me matar duas vezes. Diria ele: a língua culta diz que a expressão correta é “se suicidar”. Pois continuem vocês aí “se matando se” porque depois de morto eu não conseguiria me matar de novo.

No inglês não há acentuação. Daí, meu teclado americano ter me traído e me levado ao vexame de ser duramente criticado pelo Editor Chefão.

E tô aqui, sofrendo com ele de novo. Levo mais tempo corrigindo as acentuações (pra não levar outro esculacho) do que escrevendo.

Mas o inglês também tem suas esparrelas. Como nos vocábulos e suas grafias. A começar pelas vogais. O “a” se vocaliza “ei”. Na maioria das palavras. Em outras a pronuncia é “a” mesmo. O “i” é “ai”. Mas em muitas palavras se fala “i” mesmo. Durma-se com uma praga dessa!

“Ai love iu, mai inglix”…

Minha sobrinha, que mora lá, veio me dizer que tinha um carro da Toyora.

– Não conheço essa montadora. Ela escreveu pra mim: TOYORA. Eu corrigi: isso é ToyoTa.

– Não, tio, é Toyora.

Fui pro banheiro defecar.

O alemão resolveu juntar palavras, (substantivos, verbos, etc), pra designar qualquer coisa. “O burro fugiu do pasto”. Burro fujão, lá virou “burrofugiudopasto”.

trema-e1704754277538.jpg
8 de janeiro de 2024
52 KBMas, recentemente, linguistas portugueses, brasileiros, angolanos, nos deram um alento. Depois de décadas discutindo o assunto, decidiram fazer uma reforma ortográfica na Língua Portuguesa.

Excluíram o trema.

Demorei a entender. Eu não sabia o que era trema. Duvido que alguém aí com menos de 100 anos, saiba. Mas que bom! Excluíram o trema. Menos um acento que a gente nunca usou e que agora não precisamos mais usar. Grande reforma ortográfica.

O problema é que nossos eruditos excluem o trema e a patuléia cria novos sinais pra bagunçar a pobre Língua. Além dos acentos, somos eivados de sinais. São vírgulas, ponto e vírgulas, sinal de interrogação, ponto final, sinal de exclamação, etc.

Ponto de Iniciação

Agora inventaram mais um.  Ponto de Iniciação. O ponto de “iniciação” de frase. Trata-se do ENTÃO. Além de advérbio e conjunção, o “então” não pode faltar no início das frases.

Mas tem que ser dito em separado. Você fala “então” e, então, dá um tempinho pra começar a falar aquilo que deve ser dito. É Ponto de Iniciação.

– Governador, onde está o dinheiro do fundo perdido?

– Então… O fundo já era perdido. Continua perdido.

Professor: Então, Joãozinho, cadê o dever de casa, pronto?

Joaozinho: professor, tive que levar minha namorada pro escurinho do cinema e não deu tempo pra fazer.

Professor: Então… Tá reprovado.

– Mas só porque deixei de fazer o dever de casa?

– Então… Não, Joaozinho. Devido ao seu péssimo Português. Você nunca usa o ponto de iniciação em suas frases.

Âncora: Agora mais informações sobre este assunto com o repórter Editor Chefão.

– Então… Bom dia, âncora, bom dia a todos. Então….. O cabra furou o bucho do ricardão…

Então…Acabemos com esse papo furado.

Ponto final (Renato Fischer).

Ponto de Iniciação

Edição, Don Oleari – [email protected]

https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouolearehttps://twitter.com/donoleari

Cursos técnicos | Senar-ES abre inscrições para cursos de Agricultura, Agronegócio e Zootecnia no ES | 8/1

Cenas de carnaval | Ilustradora recifense Hana Luzia cria cenas de carnaval para agência Ampla na lata da Pitú | 8/1

“Harmonia Intercultural”, do escritor linharense Gustavo Javarini, recebe nesta segunda prêmio do Huambo pelo concurso “Angola Lê” | 8/1 

Enfim, Dorival Júnior chega à seleção brasileira | 8/1

Como empresários do comércio podem se proteger das novas regras sobre trabalho aos domingos e feriados | 5/

 

COMPARTILHE:

Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

diagonal-coluna-do-oleari.png

Por Pedro Antonio de Souza,

presidente da Academia

academia-hom-fernando-achiame.jpg 22 de fevereiro de 2024 12 KB
fernando achiamé

Nosso conterrâneo Fernando Achiamé festejando seus tantos nesta quinta-feira, 22, recebe a homenagem da Academia Maria Antonieta Tatagiba, Artes, História e Letras.

Achiamé é Presidente de Honra da Academia. Como colatinense, junto meus votos – eletrônicos, infernéticos – ao de Pedro Antonio de Souza, também brilhante colaborador do Don Oleari Portal de Notícias.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest

Clássicos do Cinema

Por Alda Luzia Pessoti –

alda-pessostti-cinema.jpg 22 de fevereiro de 2024 12 KB

 

Começa a temporada dos Clássicos do Cinema no Teatro Sesi do Jardim da Penha, zona norte de Vitória/ES.

Informações: 27- 3334-7323.

Próximos dias, damos programas por aqui.

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest


messias-donato-impichiman-lula.jpg
21 de fevereiro de 2024
8 KB

 

Vai vendo!

Votos a mais que daquela uma, a DilmANTA.

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest

Carregar mais DETALHES DO ANEXO ilha-das-caieiras-vitoria-ao-fundo-Moxuara-cariacica-outra-foto.jpg

 

Primitiva Ilha das Caieiras, Vitória/ES, tendo bem ao fundo o Moxuara, no vizinho município de Cariacica, na Grande Vitória.

“Fotogarfada” da página do Polo Gastronômico Ilha das Caieiras – https://www.facebook.com/Luceaz?comment_id=Y29tbWVudDozNzExODc2MTUyNDIyMjcxXzM4MjM0MTM1MTMxNjEzMQ%3D%3D

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest

Por Alexsandro Eler |

 milton-melo.jpg 18 de fevereiro de 2024 8 KB

 

 

Milton Melo.

Velório e

sepultamento.

 milton-melo-outra.jpg 18 de fevereiro de 2024 12 KB

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest

 rosa-do-deserto.jpg 14 de fevereiro de 2024 8 KB

 

 

 

 

Queimado fica a 20 km da cidade, em Baixo Guandu/ES.

É onde a Araujo Plantas cultiva suas variedades.

 rosa-do-deserto-2.jpg 14 de fevereiro de 2024 10 KB

A Rosany Araujo nos enviou várias.

Duas beeeleeeezaaaaas estão aí.

Conatos com Araujo Plantas aí, ó:

https://www.facebook.com/rosania.braun

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest


fluminense-vasco.jpg
14 de fevereiro de 2024
7 KB

 

Jogaaaçooo nesta quarta pelo Campeonato carioca. Oitava de onze rodadas.

Fluminense & Vasco. O prezado Rubinho Gomes, claro, crava uma vitória do seu Flu

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest

 a-mascara-do-rubinho.jpg 12 de fevereiro de 2024 14 KB

 

Nosso prezado Rubinho Gomes e sua bela máscara para o desfile do Bloco dos Mascarados da nossa Barra do Jucu, Vila Velha/ES.

A máscara foi feita por um filho de Rubinho.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest

Nosso prezado Sebastião Pelaes (MDB) se dedica a temas que também são pautas constantes do Don Oleari Portal de Notícias. Apoiamos todas as ações pela compreensão do autismo.


pelaes-e-o-autismo.jpg
12 de fevereiro de 2024
16 KB

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest

Santa Leopoldina, município com uma sede histórica, também anima o carnaval. Uma leitora me mandou a foto dos bonecos gigantes, bem representativos do pedaço.

Nesta segunda e terça, taió, a programação.

bonecos-gigantes-ditam-a-folia-do-carnaval-de-santa-leopoldina-2006365-article.jpg 12 de fevereiro de 2024 7 KB

Segunda (12)

19h30m: Show com o Grupo Brasil Tambores, na Praça da Independência

20h: Carnaval de Rua com a Banda Show Leopoldinense

22h: Show com Ernesto Mathias, no Parque da Independência

23h: Carnaval de Rua com a Banda de Marchinhas Leopoldinense

Terça (12)

20h: Carnaval de Rua com a Banda de Marchinhas Leopoldinense

23h: Carnaval de Rua com a Banda Show Leopoldinense

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Posts Relacionados