Quem somos[email protected]

Search
imigração italiana

José Coco Fontan & Alda Maria Pessotti | Imigração Italiana: Os 150 anos dos italianos no Espírito Santo e no Brasil

Imigração Italiana

Os “oriundi” de Aracruz e de João Neiva descem para a festa de navio, revivendo a história dos ancestrais imigrantes que chegavam de navio e eram desembarcados em Benevente, Vitória, entroutras regiões da antiga colônia.

NEC = Nota do Editor Chefão, Don Oleari, um neto de italianos da Emilia Romagna e de negros de Condeúba, na Bahia. Apelando um tiquim para o humor, ia começar dizendo quinenqui alguns fazem na maior cara de pau: – “eu não tenho palavras para…”

Ora, ora, minha senhora, se não tem palavras, caramba, mió calar a boca, nememo? Não é o caso, neste momento. Tenho um milhão de palavras de agradecimento ao meu irmão mais novo José Coco Fontan por ter aceito a intimação pra escrever um textim sobre os festejos da imigração.

Fontan é autor de vários livros, um micro-historiador que tem resgatado muitos elementos da história da Região Serrana, desde a Estrada do Rubim e da Trilha Imperial. Falo mais sobre ele na coluna que vai estrear no Don Oleari Portal de Notícias nestes dias.

Outro milhão de palavras são pra agradecer à nossa colaboradora Alda Maria Pessoti por ter sido a primeira a dizer há vários dias: “seu jornal tem que fazer alguma coisa sobre a imigração italiana, afinal um fato de extrema relevância histórica”. Devemos aos dois o excelente material que entregamos ao nosso leitorado (Don Oleari).

FONTAN-FREI-ALAOR-1-1-1-2.jpg 16 de fevereiro de 2024 19 KB
josé coco fontan
alda-luzia-pessoti-e1705580641194.jpg 18 de janeiro de 2024 25 KB
alda luzia pessoti

Italianos, 150 anos de Espírito Santo e de Brasil

José Coco Fontan & Alda Maria Pessotti

Neste sábado, 17 de fevereiro de 2024, o Brasil, em especial o Espírito Santo, comemoram festivamente a chegada dos primeiros imigrantes italianos. Dia 21 próximo, quarta-feira, é o “Dia Nacional do Imigrante Italiano”, uma referência à Expedição Trabacchi de 1874.

Foram 388 desembarcados do navio La Sofia pela expedição Pietro Trabacchi, conforme contrato celebrado com o Ministério dos Negócios da Agricultura, Comércio e Obras Públicas do Brasil.

convite-festa-da-imigracao.jpg16 de fevereiro de 2024 53 KB
alda maria pessotti: a programação

Fixados na região de Santa Teresa, deram início à profícua presença no território do Espírito Santo. Sucessivamente, outras levas de imigrantes italianos foram assentadas noutras regiões do estado e do país.

Especificamente no Espírito Santo essa presença se irradiou pelas cercanias de Santa Teresa, mas também, com densidade populacional, pela região dos chamados “territórios” de Alfredo Chaves, Guarapari, Rio Novo do Sul, Iconha, e demais municípios já do centro sul.

O desenvolvimento da economia estadual foi alavancado pela cafeicultura, e nessa atividade sobressaiu a mão de obra do imigrante italiano.

À época, fins do século XIX e primeiras décadas do século XX, a região hoje conhecida como “das montanhas capixabas” era inóspita, desabitada, sem destaque socioeconômico.

Porém, com a conclusão e com base na Planta Geral do Núcleo Costa Pereira, levada a termo em 1890 pelo agrimensor Dr. Túlio de Alencar Araripe, foi possível ao governo provincial projetar as primeiras políticas públicas para efetivamente ocupar e desenvolver essa região.

Esse momento coincide com a chegada dos italianos migrando dos “territórios” e do vale do Rio Itapemirim para os atuais municípios de Marechal Floriano, Distrito de Aracê (Domingos Martins), Venda Nova do Imigrante, Conceição do Castelo, Afonso Cláudio, Brejetuba, Castelo, Muniz Freire e adjacentes.

Elvira-Toze-viuva-de-Ernesto-Fontan.-Todos-esses-talianos-naturais-do-Veneto.jpg
Elvira Toze, viúva de Ernesto Fontan. Todos esses talianos naturais do Veneto

É meritória a celebração festiva e cívica do 150° aniversário da chegada dos primeiros imigrantes.

Mesmo porque, na raiz da formação da população do hoje Estado do Espírito Santo, a miscigenação registra 60% com a descendência italiana e na retrospectiva do “italiano” no Brasil, com louvor, temos sua edificante contribuição à economia, à cultura e à formação também do povo brasileiro.

matheus-cocco-e-espora-maria-fiorese.jpg 16 de fevereiro de 2024 62 KB
matheus cocco e esposa maria fioreseiro.

Nós, os descendentes, orgulhosamente brasileiríssimos, devemos nos curvar em respeito à memória desses antepassados, familiares ou não.

Curvarmo-nos diante da coragem, do sangue, suor e lágrimas dedicados por eles no limiar dessa história.

Mérica, Mérica, Mérica…(José Coco Fontan).

Aí estão minha avó paterna, Elvira Tose, viúva de Ernesto Fontan, e o casal Matheus Cocco e Maria Fiorese, meus avós maternos.

 a-foto-do-navio-dos-de-aracruz-e.jpg 16 de fevereiro de 2024 33 KBOs “oriundi” de Aracruz e

João Neiva descem para a

 festança deste sábado, 17, de navio

Eles embarcam em navios maiores, seguidos de outros menores, e vão para o Porto de Vitória. Ancoram mais ou menos em frente ao Palácio Anchieta. Desembarcados, eles sobem pela Escadaria Bárbara Lindenbergh, a que dá acesso ao Anchieta, e seguem para a Catedral Metropolitana para acompanhar a grande missa.

A história registra que os navios que traziam os italianos ficavam em alto mar. No século 19 não existiam portos, era tudo altamente precário.

O de Santos, para citar um grande porto, não existia. Foi muito posterior o Porto de Santos, depois de 1880. Vitória já era capital.

 a-foto-do-navio-dos-de-aracruz-e-joao-neiva.jpg 16 de fevereiro de 2024 34 KBOs imigrantes eram desembarcados através de embarcações menores e levados para a Aduana, que era Imperial. Eles eram transportados pelos navios de cabotagem que vinham do Rio de Janeiro e passavam por Benevente, Vitória, Santa Cruz, São Mateus, no nosso território, e iam até Caravelas, na Bahia.

Conduziam italianos e mercadorias nesse longo trajeto e voltavam com mercadorias da Bahia, fazendo o caminho de volta para o Rio de Janeiro.

Esses registros estão todos no Arquivo Público do Espírito Santo. Eu os pesquisei pacientemente e digo aos que se interessam por essa nossa rica história que tudo está disponível no nosso Arquivo Público. Vale a pena conhecer mais.

bisavo-da-alda.jpg 16 de fevereiro de 2024 36 KB
giuseppe pessot e maria polese, bodas de ouro

Quando meu bisavô  Giuseppe Pessot chegou em 23 de setembro de 1877, havia uma epidemia de varíola em Vitória. Ele morou sempre em Demétrio Ribeiro, João Neiva.

Giuseppe teve dez filhos homens, dos quais seis foram para a região de Guaraná, Aracruz.

Aqui, uma foto dele das Bodas de Ouro com Maria Polese. A família Polese é única no ES, de Barra do Triunfo, João Neiva. Faleceram os dois com 85 anos

Meu bisavô Giuseppe conheceu Maria Polese no navio, vindo para o Brasil. Ele com 21 e ela com 20 anos.

Pessot é família única e Polese também é família única no ES. Todos os Pessotti descendem de Giuseppe Pessot. E todos os Polese descendem de Francesco Polese (Alda Luzia Pessotti).

Imigração Italiana

Edição, Don Oleari – [email protected]

https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouolearehttps://twitter.com/donoleari

Edilson Lucas do Amaral | C. de Itapemirim: 3 novas lideranças, Bruno Resende, Diego Libardi e Allan Ferreira

Operação Carnaval | PRF registra queda de 42 % no número de acidentes nas estradas do Espírito Santo | 15/2

Alcoolismo | INSS informa: número de auxílio-doença por alcoolismo cresceu 19,5 % em 2023

Alcoolismo | INSS informa: número de auxílio-doença por alcoolismo cresceu 19,5 % em 2023

Edilson Lucas do Amaral | Comentários feitos ao texto “STF erra em supor que defende a constituição em nome de uma autodefesa” | 15/2″

Edilson Lucas do Amaral | Audifax Barcelos dá guinada à Direita para tentar manter sua hegemonia eleitoral | 14/2

COMPARTILHE:

Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

diagonal-coluna-do-oleari.png
grande perda

Grande perda

Edilson, grande colega e companheiro de tantas lutas, que participou ativamente dos movimentos sindical e social e das batalhas pela construção e preservação de direitos trabalhistas e pela ampliação do campo democrático neste país, faleceu nesta terça-feira, 23, aos 56 anos.

O velório e sepultamento serão na localidade de Rosca Seca, município de Aimorés, em Minas Gerais, nesta terça.

Grande perda

Edição, Don Oleari – [email protected] | https://twitter.com/donoleari

http://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare –

Hamilton Gangana | Ziraldo foi também publicitário

Dia da Terra (22/4): jornalistas ambientais sofrem ameaças pelo mundo

 

aniversariantes

aniversariantes

Importantes personagens do cenário político do Espírito Santo, o ex-governador Paulo Hartung e o atual pré-candidato a prefeito de Vitória/ES, Sebastião Pelaes, são os aniversariantes do começo da semana.

inline_00127826_00-e1679612574252.webp
antonio e tião pelaes

Hartung festeja seu aniversário neste domingo, 21 de abril, também anotado no calendário como Dia de Tiradentes.

Sebastião Pelaes festeja na segunda-feira, dia 22 de abril, o suposto dia do Descobrimento do Brasil, segundo nos enganaram a vida inteira os livros de história do Brasil, recheados de histórias da carochinha.

Don Oleari Portal de Notícias cumprimenta os dois ilustres aniversariantes, candidatos potenciais às próximas eleições.

Pelaes já é o pré-candidato a prefeito de Vitória/ES, agora em 2024.

Paulo Hartung poderá ser um dos candidatos a Senador na eleição de 2026, o que certamente incomoda aos falados possíveis candidatos a senador, deputado da Vitória, governador Renato Casagrande, entroutros.

Como se sabe, Hartung não cultiva o hábito de perder eleição. Até porque foi um bom senador pelo Espírito Santo  (Don Oleari).

aniversariantes

Edição, Don Oleari – [email protected] | https://twitter.com/donoleari

http://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

No Posto de Saúde do J. da Penha

Antuerpia, cervejas premiadas

Quem mudou, mudou!

Santorio no PP – 5/4

Baixo Guandu: Lastenio no MDB

Vacinação

Por Alda Luzia Pessotti –

Fui ao Posto de Saúde de Jardim da Penha, zona norte de Vitória, a capital do Espírito Santo.

Hoje é dia Nacional de Vacinação em todos os postos de saúde.


vacina-jardim-da-penha-outra.jpg
13 de abril de 2024
5 KBVacinas contra Influenza, Covid e Poliomielite. A programação vai até 17 horas.

Atendimento ótimo no posto do em Jardim da Penha.
Fiz a foto com pessoas esperando para vacinar e a secretária Municipal de Saúde, Magda Cristina Lamborghini com o Zé Gotinha (Alda Luzia Pessotti).

Posto de Saúde

Edição, Don Oleari – [email protected] | https://twitter.com/donoleari

http://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Antuerpia, cervejas premiadas

Quem mudou, mudou!

Santorio no PP – 5/4

Baixo Guandu: Lastenio no MDB

Lastenio, avô de primeira!

Antuerpia

Uma nota que dou com muito gosto, apesar do “desgosto” de não poder ter ido.

Vi num poderoso grupo de uatizapi ligado à Associação dos Moradores da Praia do Canto, Vitória/ES, uma nota sobre cervejas premiadas, inclusive de Colatina, nossa terra.

antuerpia-chope-200.jpg 7 de abril de 2024 10 KBA nota me atiçou.

Através da amiga @Martha Pimenta, soube da Antuerpia Cervejaria. Agora, minha agenda infernétiva anotou em tom de vermelho & preto bem forte:

Programar para conhecer a Cervejaria na primeira brecha.

A foto do grupo de cervejeiros degustando da capa me foi repassada pelo @Hudson Ruela.

 Antuerpia

Edição, Don Oleari – [email protected] | https://twitter.com/donoleari

http://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Quem mudou, mudou!

Santorio no PP – 5/4

Baixo Guandu: Lastenio no MDB

Lastenio, avô de primeira!

Baby e Eller

Quem mudou

Por Alexsandro Eller –

calendario-2.jpg 5 de abril de 2024 4 KBCalendário eleitoral fechou a janela de mudanças de partidos. Mudou, mudou.

Um vai pra cá, vai pra lá, que é aquele horror da lei eleitoral.

Mas as datas estão aí (Alexsandro Eller).

Quem mudou

Edição, Don Oleari – [email protected] | https://twitter.com/donoleari

http://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Santorio no PP – 5/4

Baixo Guandu: Lastenio no MDB

Lastenio, avô de primeira!

Baby e Eller

Perdemos! Alexandre Lima se foi

no PP

Por Alexsandro Eller –

Pano de Fundo | Política – Bastidores

O médico Fernando Santório, neto do ex-prefeito de Cariacica Vicente Santório Fantini, se filiou ao Partido Progressistas.

Santório se prepara para concorrer a uma vaga na Câmara de vereadores de Cariacica.

Na foto, Fernando e o presidente do PP de Cariacica, Sandro Locutor.

no PP

Edição, Don Oleari – [email protected] | https://twitter.com/donoleari

http://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Baixo Guandu: Lastenio no MDB

Lastenio, avô de primeira!

Baby e Eller

 

Lastenio no MDB

Lastenio no MDB

Prefeito de Baixo Guandu, Lastênio Cardoso, já contava com o apoio do MDB para sua campanha à reeleição.

ssinatura-de-lastenio-no-mdb-a-de-200.jpg 4 de abril de 2024 7 KBAgora, a partir desta noite de quinta-feira, Lastenio não só conta com esse apoio, mas ele próprio acaba de se filiar ao MDB, de cujo partido é o vice-prefeito Patrick Favarato.

Sua filiação contou com o prestígio da presença do presidente do Diretório do MDB do ES, o vice-governador Ricardo Ferraço, como também com a presença do pré-candidato a prefeito de Vitória, a capital, de Sebastião Pelaes, um emedebista com 45 anos de partido.

Seu irmão Antonio Pelaes foi vice-prefeito de Vitória com o então prefeito Hermes Laranja, outro histórico emedebista (Don Oleari).

Lastenio no MDB

Edição, Don Oleari – [email protected] | https://twitter.com/donoleari

http://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Lastenio, avô de primeira!

Baby e Eller

Perdemos! Alexandre Lima se foi

Maria de Lourdes Lessa

De Pedra Azul pra Mimoso do Sul

avô de primeira

O amigo Pelaes (***)  me mandou a foto do avô de primeira, prefeito de Baixo Guandu, Lastenio Cardoso.

gadita-com-lelo-e-pelaes-1-1-300x206-1.jpg3 de abril de 2024 7 KB 200 por 137 píxeis
Pelaes, Lelo e Gadita

Lastenio, feliz da vida, com a primeira netinha, a Cecília, que aterrisou no planetinha neste dia 1º de Abril. Tudibão pra Cecília e pra toda a família. Pro avô de primeira viagem, o abração da tchiurma do donoleari.com.br = Don Oleari Portal de Notícias.

(***) Sebastião Pelaes, pré-candidato a prefeito pelo MDB em Vitória – acompanhou o amigo prefeito Lastenio Cardoso, de Baixo Guandu/ES, durante os dois dias que ele passou aqui no fim de semana.

avô de primeira

Edição, Don Oleari – [email protected] | https://twitter.com/donoleari

http://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Baby e Eller

De Pedra Azul pra Mimoso do Sul

Perdemos! Alexandre Lima se foi

Maria de Lourdes Lessa

 

 

Baby e Eller

Nelson Baby, presidente do diretório municipal do PCdoB de Cariacica/ES, e Alexsandro Eller, nosso colaborador, se encontraram e falaram sobre o quê?

euclerio-e-baby-1.jpg 30 de março de 2024 6 KBSobre política e sobre futuro do município. Esses dois devem ter informações que não chegaram nem ao colunista Ronaldo Chagas Freitas nem aqui na redação.

Mas horinha dessas eles vão nos contar, ah, isso vão! Ronaldo tá monitorando os dois. A foto deles foi feita depois desse encontro aí, da alta direção do PCdoB com o prefeito Euclerio Sampaio (Don Oleari).

Baby e Eller

democracia.”

Edição, Don Oleari – [email protected] | https://twitter.com/donoleari

http://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Perdemos! Alexandre Lima se foi

Maria de Lourdes Lessa

De Pedra Azul pra Mimoso do Sul

Feira de arte sacra

Aboudib toma posse na AESL

Perdemos

alexandre-lima-recortada.jpg 28 de março de 2024 5 KB

 

Enfim, foram anos de, a cada dia, uma lembrança dele, um músico, um líder, um empreendedor.

Nesta quinta-feira, Alexandre se despediu definitivamente da família, dos amigos, dos admiradores.

Perdemos

Edição, Don Oleari – [email protected] | https://twitter.com/donoleari

http://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Maria de Lourdes Lessa

De Pedra Azul pra Mimoso do Sul

Feira de arte sacra

 

Posts Relacionados