Quem somos[email protected]

Search

Kleber Frizzera | Todas as cidades são Veneza

Todas as cidades são Veneza
kleber-frizzera-foto-nova-assinatura-coluna-1-1-1-247x300-1-1-1-150x150-a-boa.jpg 20 de outubro de 2023 11 KB
kleber frizzera

Todas as cidades são Veneza

ARTIGO |

Kleber Frizzera 

O céu estará límpido
As ruas abrir-se-ão
Sobre colinas de pinheiro e pedra.
Serás tu – imóvel e clara (Cesare Pavese)

Marco Polo, diante de Kublai Kan, que se orgulha das múltiplas e inumeráveis cidades de seu império, afirma e recorda que todas são como Veneza, a sua cidade natal.

Lugares armados para o comércio e produção de coisas, bens, palavras, de trocas de informações e lembranças, postos avançados das civilizações, de seus poderes e culturas, sejam pequenas vilas ou imensas metrópoles compartilham de um único desejo, uma comum vontade, demarcados no sitio natural.

De cortes retos, ou de estreitos trilhos, com desenhadas marcas ortogonais e vazios interiores, feitos em curvas que se acomodam em terrenos elevados, ou retas infinitas nos planos planaltos, dominando, fortes e palácios, as paisagens e antecipando os riscos de invasões, se estendem em vales, a beira de rios ou de mar, em afastados desertos, o que terão em comum?

Nas cidades, entre a multidão, vislumbro a passante que me recorda hoje os olhos, a dobra do busto, o feitio dos quadris e das pernas, o cheiro de louro e os cabelos negros desenvoltos.

Nas cidades, algo me empresta os diferentes, suas cores, línguas, disposições, me oferece o mundo distante e a longa estrada, me assusta e me encanta, me afasta e me aproxima, de suas histórias impressas em seus corpos e gostos outros.

Nas cidades, as vitrines recortam os suaves gestos e feitos objetos, joias, roupas, doces e pães que exalam prazeres guardados de manhãs esplendorosas e de tristes solidões, quando a chuva escorre nos vidros das janelas o cinza do dia.

Nas cidades, as multidões, em festas, carnavais e procissões, desdobram fantasias e sonhos, elevam músicas aos céus, aguardam benfeitorias, graças e pequenos milagres, mas também em comício, exalam proporções e altos gritos de revoltas e de paixões comuns.

Nas cidades, se faz o presente, se imagina o passado e se propõe os futuros, imaginações intermediam falas sujeitas e racionais explicações, desdobram possíveis e impossíveis soluções, afiançam compromissos gravados em terras, pedras e nuvens.

Pequenos gestos, de cotidianos e repetidos afazeres entornam a continuidade das vidas humanas, em longas ruas e ensolaradas praças e jardins, recriam passados paraísos perdidos, oferecem lembranças esgotadas.

Inúmeros becos e escadarias anunciam passagens sombreadas, o sol em raios fúlgidos reflete em branco nas altas janelas e cunhais, ruas ascendem em curvas aos morros e se esparramam em vales em destino ao rio Tejo.

Ou será a baía de Vitoria?

Quando cruzamos um olhar ao oferecer o comprimento do dia, desvia da visada o caminhante, recorda-se de dores antigas, de escravidão e trabalho, de longas viagens de imigração e sofrimento.

Todas as cidades são Lisboa,

Todas as cidades são Vitória.

Kleber Frizzera
Lisboa, fevereiro 2024

(*) Kleber Frizzera | Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Minas Gerais (1971). Mestrado em Arquitetura pela Ufes (Universidade Federal do ES) em 1998.

Foi secretário municipal de Desenvolvimento da Prefeitura de Vitória/ES (2006/2012). Professor adjunto da Universidade Federal do Espírito Santo ( 1978/2015) – https://www.ufes.br/.

Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente em projetos de arquitetura, arquitetura teoria e crítica, arquitetura áreas centrais, planejamento territorial e renovação urbana.

Todas as cidades são Veneza

Edição, Don Oleari – [email protected]

https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouolearehttps://twitter.com/donoleari

Alda Luzia Pessotti | Laerty Tavares abre Mostra Alegrias, criada especialmente para a Festa da Penha

Anilson Ferreira | Rio Branco perde pro Vila Nova de Goiás pela Copa Verde

Microverdes | Hortaliças, ervas aromáticas, condimentos, espécies silvestres, dieta saudável: US$ 230 bilhões no mundo

CRJs recebem equipamentos multimídia para uso nos Laboratórios de Potencialidade

“Direita do Espírito Santo está unida”, diz o polêmico Pastor Fabiano

Picture of Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados

A Bicharada do Don Oleari.