Quem somos[email protected]

Search

Moradores de rua | Vereador André Moreira propõe ampliar para toda a cidade ações pelos moradores de rua | 20/10

Moradores de rua

Moradores de rua

COLUNA AQUI JARDIM CAMBURI

Felipe Capixaba | Don Oleari

Jardim Camburi troca repressão por integração com população em situação de rua

Ouvir ao invés de reprimir. Essa é uma das maneiras encontradas por moradores de Jardim Camburi para diminuir o sofrimento das pessoas em situação de rua no bairro mais populoso de Vitória/ES.

Esta semana, o vereador André Moreira reuniu-se com o Conselho de Segurança do bairro para conhecer a ação que tem contribuído para diminuir ocorrências relacionadas a pessoas em situação de rua na comunidade.

O objetivo foi conhecer as boas práticas relacionadas ao tema e ajudar a divulgá-las. Ideias desenvolvidas nas comunidades também podem ser acrescentadas como emenda ao projeto de lei protocolado na Câmara no dia 16 de outubro e que pretende criar em Vitória uma Política Municipal para a População em Situação de Rua em Vitória.

O projeto foi construído a partir de iniciativas já existentes em outros estados do país, e após ouvir duas associações que representam moradores de situação de rua em Vitória, a “Sai da Rua” e o “Movimento Nacional da População em Situação de Rua (MNPR)”.

“Jardim Camburi tem uma experiência de sucesso. Eles construíram uma abordagem multidisciplinar aos moradores de rua que, ao invés de perseguir ou maltratar as pessoas em situação de rua, busca a integração e estabelece um relacionamento com elas. Isso mostra que é plenamente possível uma ação que parta do respeito para integrar essas pessoas de alguma forma à comunidade”, avaliou o vereador.

O vice-presidente do Conselho de Segurança do bairro, Aloísio Roberto da Silva, explica que a prática vem sendo empregada desde 2019 quando o conselho construiu um planejamento estratégico e constituiu uma coordenação de assistência social.

Daí em diante as práticas de abordagem passaram a ser multidisciplinares, envolvendo as diversas associações existentes no bairro, a prefeitura, as igrejas Batista e Católica, as polícias Civil e Militar.

Um dos índices apontados por Aloísio que indicam o sucesso da iniciativa é a diminuição de pessoas em situação de rua na Praça da Bocha, uma das mais conhecidas do bairro.

“Já tivemos 20 pessoas na Praça da Bocha e hoje não há nenhuma pessoa nesse local”.

Segundo Aloísio Roberto da Silva, a abordagem ajudou pessoas a conseguir emprego e moradia, “o que indica o acerto das ações propostas e praticadas ao longo do tempo”.

Moradores de rua

Edição, Don Oleari – [email protected]

https://www.facebook.com/oswaldo.oleariouoleare

Com José Roberto, Assessoria de Comunicação

Kleber Frizzera: Glória e vida | 19/10

Alexandre Caetano: Sinal dos tempos | 19/10

Sindiupes | Professor acusa sindicato de impedir inscrição de chapa da Oposição nas eleições do Sindiupes | 19/10

Caso Samarco: DPU e instituições pedem condenação no valor de R$ 100 bilhões por dano moral coletivo

Consumo de açúcar | De olho: a importância de diminuir o consumo de açúcar na alimentação da meninada | 19/8

 

COMPARTILHE:

Don Oleari - Editor Chefão

Don Oleari - Editor Chefão

Radialista, Jornalista, Publicitário.
Don Oleari Corporeitcham

Posts Relacionados